CONTADOR DE VISITAS

contador de acessos

Funk Gospel- Novas 2016-2017

FUNK E NOVO SOM

funk gospel e infantil

MX GOSPEL

HINOS JUDAICOS E ROMANTICAS

FUNK GOSPEL- VARIOS

MUSICAS MESSIANICAS

MELODY E VARIAS

VIDEO DO POKEMON

ESTUDO-INFERNO

Jogos para voce

ORIENTE MÉDIO

TURMINHA DA GRAÇA E MIDINHO

OS TRAPALHOES E A PRINCESA XUXA

Os trapalhoes-vol. 2

PRIMEIRO EPISÓDIO DO CHAPOLIN

PRIMEIRO EPISÓDIO DO CHAVES

DE GRAÇA RECEBESTE, DE GRAÇA DAI!!!!.

DE GRAÇAS RECEBESTES,DE GRAÇA DAI-MT10.8

ESTUDO-Jo 3.16

ESTUDO SOBRE ADORAÇÃO

INFANTIL

HINOS JUDAICOS

FUNK GOSPEL E ROMANTICAS 03

JOGO DE PERGUNTAS BÍBLICAS

CLIQUE PARA RESPONDER AS PERGUNTAS Coloque este widget em seu blog

FUTEBOL COM CARROS

JOGO ATIRE NAS GARRAFAS

JOGO DA BALEIA

JOGO DA BALEIA

Jogo pac man

JOGO BASKET

JOGO blast

JOGO MAGNETO

JOGO DE CORRIDA

Corrida Bíblica–o game

JOGO DA VELHA 02

Mais Jogos no Jogalo.com JOGO DA VELHA 02

JOGO BÍBLICO DE PERGUNTAS

Noticias g1

LEITURA EM INGLÊS

LEITURA EM INGLÊS

LEITURA EM INGLÊS 02

LEITURA EM INGLÊS 02

NOVO SOM E DIVERSOS

funk gospel e musica judaica 02

ROMANTICASM JUDAICA E FUNK GOSPEL

RELÓGIO COM MENSAGEM

ROMANTICAS E FUNK GOSPEL

ROMANTICAS E FUNK GOSP. 02

ROMANTICAS GOSPEL

FUNK GOSPEL 25

FUNK GOSPEL 24

FUNK GOSPEL23

FUNK GOSPEL 22

FUNK GOSPEL 21

funk gospel 20

FUNK 19

/>

funk gospel 18

FUNK GOSPEL 16

FUNK GOSPEL 15

FUNK GOSPEL 14

GOSPEL FUNK 17

Prof. Marcio de Medeiros--ESTUDO SOBRE O INFERNO

NOTICIAS DE CONCURSOS

BEM ESTAR -GNT

FILME-A ÚILTIMA BATALHA

BATE PAPO CRISTÃO

Qual é a sua avaliação sobre este blog?

Formulario de autoresposta


Nome:

E-Mail:

Assunto:

Mensagem:


NOVO SOM-ROMANTICAS

FUTEBOL 03

Placares oferecidos por futebol.com

FUTEBOL 04

Tabela futebol Brasileirão Serie A oferecida por Futebol.com

HOMENAGEM AO PROF. MARCIO DE MEDEIROS,FEITA PELOS SEMINARISTAS DO SETEF

HOMENAGEM AO PROF. MARCIO DE MEDEIROS,FEITA PELOS SEMINARISTAS DO SETEF-SEMINARIO TEOLÓGICO FILADÉLFIA-J. BOM PASTOR-BELFORD ROXO-RJ

CAIXA DE CURTI FANPAGE

CUMPRIMENTO AO VISITANTE

link me

Prof Marcio de Medeiros

Por favor coloque este codigo em seu site ou blog e divulgue o nosso blog

NOTÍCIAS RIO

REDECOL NOTICIAS




NOTICIAS

G1 NOTICIAS

G1 NOTICIAS

MENTE MILIONARIA

MENTE MILIONARIA-COMO SER BEM SUCEDIDO FINANCEIRAMENTE
CLIQUE E ASSISTA!!!!

PROP. DA PAGINA NO FACE04

BUSCA DE EMPREGOS

BATIDAO GOSPEL 10

FUNKS DIVERSOS 11

BATIDÃO GOSPEL12

FUNK GOSPEL 13

Batidao 09

BATIDAO 08

BATIDÃO 07

BATIDÃO GOSPEL 06

BATIDÃO GOSPEL 3

BATIDÃO GOSPEL 4

BATIDÃO GOSPEL 07

BATIDÃO GOSPEL

BATIDÃO GOSPEL 2

BATIDAO GOSPEL 05

PROPAGANDA DA PAG. DO FACE

SITE DE ENTRETENIMENTO

UTILITARIOS EM GERAL

CALENDARIO E JESUS

CALENDÁRIO E PAISAGEM

musicas do c.c e da harpa

PROPAGANDA DA PAG. DO FACE 03

BANNER DO SITE DE ENTRETENIMENTO

SITE DE ENTRETENIMENTO

MENSAGEM PARA VOÇÊ 2

SITE DE ENTRETENIMENTO

SITE DE ASSUNTOS BÍBLICOS

SITE DE CULTURA

DESENHO DA CRIAÇÃO E DE NOÉ

DESENHO SOBRE A CRIAÇÃO
CLIQUE NO VÍDEO PARA ASSISTÍ-LO
DESENHO SOBRE A CRIAÇÃO
CLIQUE NO VÍDEO PARA ASSISTÍ-LO
DESENHO SOBRE A ARCA DE NOÉ-CLIQUE E ASSISTA.

DESENHO SOBRE JOSUÉ

DESENHO SOBRE JOSUÉ-CLIQUE PARA ASSISTIR.

DESENHO SOBRE MOISÉS

DESENHO SOBRE MOISÉS-CLIQUE E ASSISTA.

DESENHO-O NASCIMENTO DE JESUS

O NASCIMENTO DE JESUS-CLIQUE PARA ASSSITIR

FILME-INFERNO EM CHAMAS

FILME O INFERNO EM CHAMAS

PROPAGANDA DA PAG. DO FACE 02

DA LINK SA PAG.DO FACE DO BLOG

AULA DE BIBLIOL.SETEF-07/05/13

AULA DE BIBLIOLOGIA-DATA:07/05/13- MINISTRADA DO SEMINARIO SETEF

Pag do facebook 02

quinta-feira, 15 de novembro de 2012

174-A MURMURAÇÃO

Pare de murmurar

 

 












Afinal, o que quer dizer “murmurar”?

Segundo o Dicionário Aurélio: dizer mal; maldizer; conceber mau juízo; falar (contra alguém ou algo); criticar; conversar, difamando ou desacreditando

E o que nos leva a murmurar?

Ansiedade; falta de fé; falta de sabedoria; falta de conhecimento da Palavra de Deus

Vamos entender o que acontece quando murmuramos:

Quando começamos a murmurar é sinal de que estamos duvidando de Deus; é porque a nossa fé esta fraca acabamos dando brecha para o inimigo, e é isso que ele quer.

Pois bem, muitas vezes quando as coisas não saem do jeito que queremos e não entendemos o propósito de Deus, começamos a reclamar e é aí que erramos, pois reclamar não vai resolver o problema, não é dessa forma que receberemos a vitória. Lembremo-nos do povo de Deus, que passou quarenta anos no deserto por causa da murmuração.

Geralmente, quando murmuramos, nos esquecemos que o Deus que servimos é capaz de fazer muito mais do que pedimos, ou pensamos (Ef. 3.20). Deus sabe das nossas necessidades e o que é melhor para nós, não adianta reclamar. Acredite, reclamar não é a solução.

O murmurador nunca está contente com as decisões, com o outro que está na frente, sempre quer provar que o outro está errado e ele está certo. Geralmente, o murmurador é invejoso. A sua vida inteira é levar o outro a ouvir o que ele não foi capaz de dizer, chegar para a pessoa certa e falar tudo o que sente contra ela, não é capaz de ser transparente.

Não se engane, o caminho da murmuração é a perdição e a ruína. É semente do próprio demônio, plantada no coração daquele que não quer ser humilde. Troque a murmuração pelo louvor, pela adoração!

A murmuração é uma declaração de insatisfação para com Deus.

A murmuração quase sempre descamba numa reclamação contra Deus.

Revela o baixo nível da espiritualidade do murmurador, sua falta de gratidão, sua falta de respeito, sua falta de sabedoria, sua falta de fé.

A murmuração, além de não resolver, só agrava o problema, e é uma declaração antecipada de derrota.

É uma afirmação de incredulidade. Quando murmuramos, estamos dizendo de forma indireta para Deus que não confiamos nele, nem nos seus propósitos.

É difícil não ficarmos ansiosos, é muito difícil, mas devemos descansar em Deus e confiar. Basta confiar nesse Deus que tudo pode.

Nunca duvide do poder de Deus, é justamente em circunstâncias difíceis que percebemos como é grande o poder de Deus, para sua honra e glória.

Nunca duvide do amor de Deus, o amor de Deus por você é incondicional. Ele o amará em todas as circunstâncias.

Nunca murmure diante de Deus, quanto mais você murmurar, mais demorará a libertação de Deus para sua vida.

Sempre escute a voz de Deus, preste atenção no que Ele está falando, através das pessoas, da Bíblia, das circunstâncias.
 O PERIGO DA MURMURAÇÃO (NÚMEROS 14)


Tem gente que vê dificuldade em tudo, só dá contra, e diz: “eu sou realista”. O que você acha desta atitude ? . Em I Coríntios 10 , Paulo relembra alguns pecados cometidos por Israel, no deserto, e as conseqüências da infidelidade, no versículo 10 ele faz a seguinte advertência: “ Nem murmureis , como alguns deles murmuraram e foram destruídos pelo exterminador”. Este versículo é uma referencia ao episódio narrado no livro de Números 14, quando os filhos de Israel foram duramente castigados pelo Senhor , por causa da murmuração.

“ Murmurar” , conforme o dicionário , é soltar queixumes, lastimar-se, queixar-se em voz baixa, falara mal, apontar faltas, tomar mau juízo de alguém ou de alguma coisa. Foi exatamente o que aconteceu com o povo de Israel, e o Senhor indignou-se ante a atitude do povo:
“Até quando sofrerei esta má congregação que murmura contra min? Tenho ouvido as murmurações que os filhos de Israel proferem contra min” Nm 14;26.

O objetivo deste artigo é alertar os homens do perigo da murmuração que é pecado, e incentivar os homens a uma vida de total confiança em DEUS , de gratidão e apoio as liderança do trabalho masculino em todas as esferas.

Diante dos desafios da nossa caminhada rumo a uma UPH forte e operosa, encontramos muito homens que se opõe e se colocam a murmurar e as soluções que estava começando a se desenhar para atingir os objetivos , com o fruto da murmuração apontam para um fim desastroso. A rejeição à autoridade de seu presidente da UPH e o apedrejamento dos companheiros de sociedade por não compartilhar de seu pessimismo, esta gerando um mar de confusões em nossas UPH e para piorar parece que os pastores foram infectados com essa doença e em vez de apoiar para crescermos estão a incentivar para o seu fim.

Mas DEUS intervém, manifestando-se em glória sobre o seu povo e sobre nossas sociedades dando-nos forças para continuar-mos sempre para frente e a condenação Divina aos murmuradores é severa.

Nosso DEUS é misericordioso e providente . Ele conduz o seu povo e supre todas as nossas necessidades , por isso reprova a murmuração. A murmuração é um sinal claro de incredulidade , de ingratidão e de agir irrefletido.

A ação dos murmuradores consiste em puxar para trás , embora a providencia divina seja inconfundível durante a nossa jornada e nossos planos e ideais , existem pessoas que estão duvidando contentemente da ação de DEUS. A murmuração é fruto da incredulidade , pois os murmuradores, como já foi exposto, não crêem, não confiam. Na igreja , na UPH , na sociedade infelizmente ,é possível encontramos pessoas assim. Vivem a criticar, acham que todos estão errados, tudo é difícil, nenhuma idéia ou projeto vai funcionar. Em vez de colaborar, torcem para que as coisa dêem erradas. Tal atitude, além de antietica, depõe contra a causa crista e traz prejuízos para a nossa igreja e principalmente para as nossas UPH’s. Tais pessoas deveriam ler I Tessalonicenses 5;12 a 22 e poderiam ver que precisamos viver uma vida segundo a palavra de DEUS.

Penso que devemos tomar cuidado para não incorremos no pecado da murmuração. Ela pode ser muito prejudicial , tanto para nós, como para nossa UPH. Por isso atentar para o conselho do apostolo Paulo é uma coisa sensata
“Fazei tudo sem murmuração nem contentas , para que vos torneis irrepreensíveis e sinceros , filhos de DEUS inculpáveis no meio de uma geração pervertida e corrupta, na qual resplandeceis como luzeiros no mundo...”. Que DEUS nos ajude...!

Deste conservo,


Há basicamente um vocábulo grego que é traduzido para o Português “murmurar”. O verbo grego “gongyzo” pode ter os seguintes significados: murmurar, resmungar, criticar, reclamar; sussurrar, dizer qualquer coisa em tom baixo. Ele aparece nos seguintes versículos: Mt 20:11; Lc 5:30; Jo 6:41,43; 7:32; I Co 10:10. Existem ainda outras palavras as quais são:
1. gongysmos: murmuração, resmungo, queixa, desagrado (Jo 7:12; At 6:1; Fp 2:14; I Pe 4:9);
2. gongystes: murmurador, resmungão, queixoso (Jd 16);
3. diagongyzō: criticar, murmurar – Sempre usada acerca de reclamação indignada (Lc 15:2; 19:7).
Como deve ter notado, murmurar está ligado ao ato de queixar. A NVI, no Novo Testamento, traduz a maioria dos versículos como queixar, mas há também a idéia de criticar (Jo 6:41), boato (Jo 7:32) e reclamar (I Pe 4:9). Quando pensamos em murmurar nos vem à mente o povo de Israel no deserto reclamando e reclamando. Mas se olharmos ao redor notaremos que há mais cristãos murmuradores do que imaginávamos. E digo mais, se olharmos pra nós mesmos, em algumas vezes nos pegaremos murmurando contra irmãos e situações do dia-a-dia. Se somos crentes insatisfeitos com nossa igreja local, com nossa condição social, com nossos cônjuges, com o vizinho etc., é quase certo que também sejamos murmuradores. É preciso vigiar para não sermos adeptos deste pecado. Alguém já disse que, mesmo que indiretamente, quase toda murmuração é contra Deus. Por exemplo: quando reclamo do meu físico, quando reclamo da minha nacionalidade, quando reclamo da igreja, quando reclamo de ter nascido na minha família, quando reclamo do filho que nasceu com problemas etc., na verdade estou reclamando daquele que, por sua soberana vontade, permitiu e, até mesmo, me colocou em uma ou mais destas situações. Você disse que gostaria de aprender sobre a murmuração e espero que esta pequena explanação sirva como ponto de partida para que você estude mais sobre o assunto.

MURMURAÇÃO X ORAÇÃO

Abra sua Bíblia e leia os textos que se encontram em Números 11:1-20, 31-34.

As pessoas têm reações diferentes diante das diversas situações que ocorrem no dia-a-dia, conforme as características de cada um. Vamos destacar duas das principais reações, que fazem muita diferença na qualidade de vida e na espiritualidade saudável: a murmuração e a oração.

Essas duas reações estão presentes do nosso texto base, e as consequências de se adotar uma ou outra também estão muito claras na passagem bíblica.

1) Murmuração (v. 1; 4-6)
Murmuração é reclamação, insatisfação, resmungos e revolta.

Nos versículos 1 e 4-6 encontramos um exemplo bastante contundente de murmuração. Ali está o povo de Israel reclamando contra Moisés e Deus, julgando que sua situação era melhor quando escravo no Egito do que agora, que estavam prestes a entrar na terra prometida.
Para refrescar a sua memória, cabe lembrar que Israel viveu em escravidão no Egito por 400 anos, sofrendo uma terrível repressão, com açoites e maus tratos constantes. Deus ouviu o clamor de Seu povo e enviou Moisés e Arão para libertá-lo. Esse objetivo foi alcançado após várias demonstrações do ilimitado poder de Deus, vindo as conhecidas dez pragas do Egito. Logo depois da libertação, Deus continuou demonstrando Seu poder e protegendo Seu povo. Ele abriu o Mar Vermelho para que Israel passasse a pés secos, e fez o Mar se fechar engolindo o exército egípcio. Deus enviou a nuvem que protegeu o povo do calor do sol, e também as colunas de fogo que evitaram que o povo morresse de frio. Leia o Livro do Êxodo e você verá quantas maravilhas Deus fez em favor de Israel.
Mas para Israel nada disso era suficiente. Tudo quanto Deus fez era esquecido rapidamente diante de algum problema que surgia. E lá vinham as reclamações, os choros, os lamentos. Agora, Israel estava reclamando com saudades das comidas do Egito, e o alimento enviado por Deus, o maná, já era tido como algo desprezível, que não atendia aos desejos do povo.

Vejamos algumas características da murmuração:

a) É um sinal de ingratidão para com Deus
Deus fez coisas maravilhosas em favor de Israel, mas tudo isso era esquecido quando havia um problema, por menor que fosse. Era como se Deus precisasse fazer prodígios a cada minuto para manter a memória do povo fresca, caso contrário eles esqueciam tudo.

A murmuração nos impede de enxergar as bênçãos de Deus, pois nossos olhos ficam fixos em coisas transitórias, em situações que trazem alguma aflição temporária, e esquecemos de agradecer por tudo o que Deus faz por nós continuamente.

Há muitos crentes que passam o tempo todo reclamando. Reclamam do trabalho, da esposa, do marido, dos filhos, do alimento, da saúde, da casa, do carro, do tempo, da Igreja, dos irmãos da Igreja, do som da Igreja, etc. Essas pessoas não conseguem parar para agradecer a Deus por lhes conceder vida, pelo ar que respiram, não enxergam a bênção que é poder andar, falar, ver, ouvir e sentir. Ficam cegas para a bênção do trabalho e do sustento diário. Não conseguem lembrar de livramentos que o Senhor lhes concedeu. Esquecem aquela cura que parecia impossível, aquela porta de emprego que foi aberta quando parecia que não havia mais opções. A murmuração impede que os pais agradeçam a Deus por terem filhos saudáveis, ativos, e faz com que os filhos esqueçam a bênção que é ter pais responsáveis, que se preocupam com sua educação, com seu bem estar, que anseiam por lhes dar proteção e lhes ensinar coisas excelentes.

O murmurador não busca a Deus, antes, ele vive reclamando contra Deus. Quando ele diz que ora, na verdade está fazendo o que Israel fez, que é chorar por coisas pequenas e esquecer de agradecer pelas grandes bênçãos.

b) Murmuração é rejeição a Deus (v. 20)
No versículo 20 vemos uma declaração bastante pesada: com sua atitude de murmuração, Israel estava rejeitando a Deus, pois considerava melhor sua vida de escravidão no Egito do que a liberdade com Deus.

Quantas vezes rejeitamos a Deus sem nos dar conta disso! Nossas constantes reclamações demonstram que não estamos satisfeitos, e que Deus não é suficiente para nós, queremos mais. O que Deus nos oferece é pouco, nossa ambição é por coisas “maiores e melhores”, embora isso seja uma ilusão.

Há crentes que chegam a dizer que quando eram incrédulos, sem fé em Deus, escravos do pecado, não tinham tantos problemas, e suas vidas eram melhores, sentiam-se mais felizes e realizados.

Isso é uma clara rejeição a Deus e a tudo quanto Ele nos oferece.
Reflita um pouco e veja se você não tem rejeitado a Deus todos os dias, com murmurações constantes em vez de ações de graças

c) Murmuração provoca a ira de Deus (v. 1; 19-20; 33)
Leia de novo os versículos acima indicados e veja as graves consequências da murmuração. No primeiro, o fogo do Senhor ardeu no arraial e consumiu parte do povo. Nos versículos 19-20 Deus resolve dar o que o povo está pedindo, mas já que há tanta ânsia por obter essas coisas, elas vêm em tão grande quantidade que vão fazer muito mal. No versículo 33 vemos que, após dar ao povo o que este pedia, Deus enviou uma praga sobre ele, e o povo nem aproveitou a carne que havia sido enviada.

Pense bem antes de viver murmurando. Deus se agrada de um coração grato, mas sua ira se acende contra o coração rebelde, que não faz outra coisa senão provocar o Senhor com murmurações e mais murmurações.

Suas reclamações podem chegar a Deus e Ele pode conceder aquilo que você está pedindo com tanta insistência, mas será que você conseguirá usufruir disso que acha ser algo bom? Deus sabe o que é bom ou não, mas nós apenas presumimos o que seja bom. Por vezes estamos pedindo coisas que nos farão muito mal, e Deus não concede porque quer nosso bem, mas nossa murmuração pode levar Deus a atender nossas reclamações, e só depois é que vamos nos dar conta de que estávamos errados.

Cuidado com suas reclamações, pois se elas forem atendidas você pode não aguentar. Não queira atrair a ira de Deus para sua vida, porque Israel não suportou essa ira, e nem nós temos estrutura para a suportar.

2) Oração (v. 2; 11-15)
Enquanto o povo murmurava, Moisés orava a Deus. É engraçado que, à primeira vista, parece que Moisés também está murmurando, pois ele faz uma queixa e diz que não está mais aguentando, todavia, o que ele apresenta diante de Deus não é murmuração, e sim oração autêntica.

Características da oração:

a) Diálogo sincero com Deus
Moisés era um homem que estava sempre conversando com Deus, e isto foi gerando uma intimidade, de forma que ele sentia liberdade para expor a Deus os seus anseios, suas preocupações, pedir orientações e interceder pelo povo.

Quando Moisés conversou com Deus, após as reclamações do povo, ele simplesmente abriu seu coração diante do Pai, com quem ele tinha excelente relacionamento, e foi sincero ao dizer que considerava muito pesado o fardo que estava sobre suas costas, pois havia sido encarregado de liderar um povo de coração duro, que não fazia outra coisa senão murmurar.

Por que Deus não se zangou com Moisés? Simplesmente porque Moisés não estava murmurando, ele estava demonstrando sua amizade por Deus ao levar a Ele o que se passava em seu coração.

Em nossas orações devemos abrir nosso coração a Deus, fazendo a Ele com sinceridade sobre nossos problemas reais (não aqueles que criamos com nossa ambição). Nossos sentimentos devem ser postos diante de Deus com toda reverência, crendo que Ele é nosso Pai e nosso melhor Amigo, e está pronto a nos ouvir a qualquer momento.

Diga a Deus o que você está sentindo, mas faça-o como fez Moisés. Veja no próximo tópico porque o diálogo de Moisés com Deus não era murmuração, e sim oração, e procure seguir o exemplo desse homem de fé.

b) Oração é busca ao Senhor em fé
Qual a diferença entre a oração de Moisés e a murmuração de Israel. Note que em ambos os casos há uma reclamação! A diferença é que o povo reclamava entre si, um incitando o outro contra Deus e contra o líder escolhido por Deus, Moisés. A reclamação de Israel era de insatisfação com Deus e desprezo por suas bênçãos. Já Moisés, em vez de sair reclamando com as pessoas, ou procurar um amigo mais chegado dentre o povo e começar a se lamentar e fazer que Deus estava agindo mal com ele, colocando sobre suas costas uma carga muito pesada, retirou-se e foi conversar diretamente com Deus. Por que Moisés fez isso? Simples: ele cria em Deus e tinha confiança de que, levando a Deus sua petição, receberia uma resposta. Moisés sabia que não possuía meios de atender ao povo, portanto, era necessário recorrer a Quem poderia fazê-lo.

Se você está passando por situações que lhe causam aflição, tribulações que parecem ser grandes demais; se está enfrentando gigantes e se julga pequeno demais para prevalecer; se você acha que as pessoas estão exigindo mais do que você pode dar; se você se julga injustiçado, desprezado, incompreendido; enfim, se algo não está bem em sua vida e você está muito aflito, sem ver perspectivas, não saia reclamando com um e com outro. Não fique expondo seus anseios a pessoas enquanto espera na fila do banco. Não tente levar as pessoas ficarem com pena de você. Não ocupe o tempo das pessoas com suas reclamações, como se isso fosse capaz de fazer surgir uma solução para o problema. Lembre-se: os outros são seres humanos como você, fracos, falhos, e vez ou outra até podem dar algum bom conselho, principalmente se forem tementes a Deus, mas na maioria das vezes você só conseguirá aumentar sua amargura e se tornar uma pessoa chata aos olhos dos outros.

Faça como Moisés: recolha-se ao seu quarto e vá conversar com Deus. Reconheça sua incapacidade de gerir sua própria vida, de superar os obstáculos com a própria força, e diga a Deus que precisa dEle, porque não está conseguindo mais caminhar com esse fardo nas costas.

A Bíblia nos recomenda isso em 1 Pedro 5.7: “Lançando sobre ele toda a vossa ansiedade, porque ele tem cuidado de vós”.

C) Oração gera resposta positiva de Deus
Enquanto a murmuração do povo gerou uma resposta negativa da parte de Deus, a oração de Moisés gerou uma resposta positiva. Deus viu a sinceridade de Moisés, viu que o servo confiava unicamente nEle para obter uma solução, e que realmente Moisés não estava exagerando o problema, antes, estava expondo a Deus o que de fato acontecia.

Diante da humildade de Moisés, que reconhecer se incapaz de cuidar do povo sozinho, Deus lhe atendeu a petição e ordenou que fossem escolhidos setenta homens para auxiliá-lo, e eles receberiam do Espírito de Deus para agir com sabedoria e para dividir a carga com Moisés.

Quando oramos com sinceridade e humildade, Deus atende nossas petições. Por vezes pode até não fazer o que estamos pedindo. No caso de Moisés, Deus não fez o que ele pediu. Moisés pediu a morte, tão grande era sua aflição. Em vez de lhe enviar a morte, Deus lhe concedeu auxílio para prosseguir sua jornada. Em resumo, Deus estava dizendo a Moisés que sabia do peso que ele estava carregando, e que, por sua obediência, sinceridade e humildade, tornaria mais leve o seu fardo, trazendo pessoas que pudessem lhe servir de suporte.

Por vezes nossas pernas fraquejam a quase caímos, nossos braços se tornam fracos e não conseguimos lutar como deveríamos, mas Deus, quando oramos em busca de Seu socorro, nos envia auxílio, fortalece nosso corpo e nossa mente, providencia pessoas que compartilhem conosco as cargas.

Na Igreja, deveria ser assim: uns levando as cargas dos outros, pois dessa forma todos se animariam mutuamente e prosseguiriam firmes rumo ao alvo (Gálatas 6.2).

Conclusão
Murmuração é o mesmo que rebeldia, e rebeldia é o mesmo que pecado de feitiçaria (1 Samuel 15.23). Viva sem murmurações (Filipenses 2.4; 1 Coríntios 10.10).

Oração é a chave da vitória, do crescimento espiritual, do avivamento.

Jesus é o amigo fiel que nos ajuda a carregar nossos fardos.

“Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei. Tomai sobre vós o meu jugo, e aprendei de mim, que sou manso e humilde de coração; e encontrareis descanso para as vossas almas. Porque o meu jugo é suave e o meu fardo é leve.” (Mateus 11.28-30)
Vá até Jesus e entregue a Ele o fardo pesado que está sobre suas costas. Veja que diferença isso vai fazer na sua vida. Não fique aí pensando, faça isso o mais rápido possível, e caminhe em liberdade, fortalecido no Senhor.

Que Jesus Cristo seja seu companheiro de caminhada hoje e sempre. Amém.


FONTE:
http://www.reflexoesevangelicas.com.br
http://www.ipb.org.br
http://nasprofundezasdasimplicidade.blogspot.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

OLA!.EU SOU MARCIO DE MEDEIROS-PROF.DO SETEF,SEJA BEM VINDO AO NOSSO BLOG.JESUS TE AMA E MORREU POR VOÇÊ!!!.
TEMOS,1 SITE DESTINADO A CULTURA GERAL , OUTRO SITE DESTINADO À ASSUNTO BÍBLICOS E UM OUTRO SITE DESTINADO À ENTRETENIMENTO,TEMOS:JOGOS,FILMES,DESENHOS ETC.USE OS LINKS ABAIXO PARA VISITAREM OS SITES.TEMOS 3 SITES E 1 BLOG.BOM PROVEITO!.

https://sites.google.com/
http://www.prof-marcio-de-medeiros.webnode.com/
http://profmarcio.ucoz.com