CONTADOR DE VISITAS

contador de acessos

HINOS DA HARPA

MENSAGENS COM FLORES

NAO À IDEOLOGIA DE GÊNERO

Defesa do Evangelho-Paulo Junior

Conselhos práticos cristãos

MENSAGEM POSITIVA!

popeyer

VIDEO DO POKEMON

PRIMEIRO EPISÓDIO DO CHAVES

JOGO BÍBLICO DE PERGUNTAS

LEITURA EM INGLÊS

LEITURA EM INGLÊS

LEITURA EM INGLÊS 02

LEITURA EM INGLÊS 02

NOTICIAS DE CONCURSOS

link me

Prof Marcio de Medeiros

Por favor coloque este codigo em seu site ou blog e divulgue o nosso blog

Pag do facebook 02

FILME-INFERNO EM CHAMAS

FILME O INFERNO EM CHAMAS

terça-feira, 30 de abril de 2019

776- AS RIQUEZAS QUE TEMOS EM CRISTO, E QUE MUITOS DESCONHECEM


Resultado de imagem para riquezas

AS RIQUEZAS DE CRISTO

         Muitas pessoas e até mesmo do meio cristão, buscam bens materiais, fama, sucesso profissional, buscam riquezas e bens materiais, mas, esquecem que temos riquezas incontáveis, e estas riquezas são riquezas espirituais, são as riquezas de cristo, são as maravilhosas riquezas que Cristo tem para nos dar. A Bíblia descreve a vida, o ministério, morte e ressurreição de Cristo, relata os seus milagres, o seu amor, a sua graça, o seu perdão, as suas promessas, todo o seu legado de fé e a sua obra redentora para nos salvar, bem como Cristo nos delegou a nobre missão de ganhar almas para o Reino de Deus. Podemos mencionar várias riquezas que temos em Cristo Jesus, veja alguma delas:
1-  A garantia de salvação somente por Ele.
Respondeu Jesus: "Eu sou o caminho, a verdade e a vida. Ninguém vem ao Pai, a não ser por mim.
João 14:6
    Somos salvos apenas por Cristo, Ele é o nosso passaporte para o céu, Ele nos reconcilia com Deus, Ele é o nosso mediador, Ele ó o único meio de chegarmos à presença de Deus.
2- Cristo é o único Deus e mediador
Pois há um só Deus e um só mediador entre Deus e os homens: o homem Cristo Jesus,
1 Timóteo 2:5
    Em Cristo temos esta garantia de que Ele realiza a mediação entre nós e Deus. Cristo também é o único Deus, o único que deve ser adorado. Temos o Emanuel, Deus conosco todos os dias. Isto é uma bela riqueza que temos em Cristo.
3-Cristo é a Palavra viva que desceu do céu
  No princípio era aquele que é a Palavra. Ele estava com Deus e era Deus.
João 1:1
           Neste versículo percebemos que Cristo nos deixou a sua Palavra, na verdade Ele, neste versículo é classificado como a própria Palavra de Deus. Cristo nos deixou a sua Palavra para seguirmos, para nos guiarmos através da sua Palavra, Ele veio revelar a vontade e a Palavra de Deus, e Ele mesmo sendo Deus se revelou à nós. Você não acha que podemos afirmar que isto é uma riqueza espiritual que nos foi dada?
4- Ele é o nosso sumo sacerdote
Portanto, visto que temos um grande sumo sacerdote que adentrou os céus, Jesus, o Filho de Deus, apeguemo-nos com toda a firmeza à fé que professamos, pois não temos um sumo sacerdote que não possa compadecer-se das nossas fraquezas, mas sim alguém que, como nós, passou por todo tipo de tentação, porém, sem pecado.
Hebreus 4:14-15
        Cristo é o nosso sumo sacerdote, Ele ofereceu a si mesmo como oferta agradável à Deus. Cristo se entregou apenas uma única e definitiva vez por nós, exerceu um sacrifício perfeito por nós, foi e é o nosso mediador. No Antigo testamento, o sumo sacerdote exercia sacrifícios pelo povo e por ele mesmo, para a expiação de pecados, isto tipificava o sacrifício de Cristo. Cristo fez isto uma única vez, sendo assim temos paz com Deus, somos perdoados, reconciliados e somos aceitos por Deus. A ira do Eterno Deus é amenizada, é neutralizada através do sacrifício vicário de Cristo. Através de Cristo temos pleno acesso ao coração do Pai, temos livre acesso à Deus. Isto é uma maravilhosa riqueza que temos em Cristo.
5-  Ele nos ama, e o seu amor por nós é imenso
Porque Deus tanto amou o mundo que deu o seu Filho Unigênito, para que todo o que nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna.
João 3:16
     Cristo nos ama, Deus nos ama, Deus ama a humanidade e Cristo se fez carne, habitou entre o povo judeu, e hoje habita no meio do seu povo, Ele continua nos amando com um amor imensurável.
        O texto de João 3.16 é o coração da Bíblia, este texto expressa a imensidão deste amor, o alcance deste tão grandioso amor pela humanidade, o imenso desejo do Eterno de salvar a humanidade enviando o Senhor Jesus, Este texto expressa a grandeza, o favor imerecido, a graça salvadora que temos hoje, neste exato momento, temos tudo isto quando estamos firmes com Cristo, quando aceitamos e seguimos à Cristo de forma genuína. Temos a graça maravilhosa e salvadora de Deus em Cristo. Isto é mais uma riqueza maravilhosa e imensurável.
       Concluindo, podemos assegurar que em Cristo temos várias riquezas, citamos algumas, somos ricos, e muitos não sabem disto, em Cristo somos ricos da graça, do perdão, do amor, da benignidade, das promessas, do conforto, alento, proteção e da presença de Cristo. Muitos devem buscar estas riquezas que são conquistadas através de Cristo e somente através dEle. Muitos até mesmo dentro da igreja esquecem que são ricos, e se sentem pobres, se sentem aflitos, desamparados, esquecidos, mas as riquezas espirituais são melhores do que as materiais. O Espírito Santo habita dentro do cristão. Cristo prometeu que não nos deixaria órfãos e enviaria o paracleto, o consolador. Temos hoje e sempre o Emanuel, o Deus conosco que é Cristo Jesus. Se você tem Cristo você é rico (a). Reflita nisso, somos ricos em Cristo. Que o Eterno te abençoe muito, um forte abraço em cristo,

                                                    Márcio de Medeiros

quinta-feira, 25 de abril de 2019

775-AS SEIS COISAS QUE O ETERNO ODEIA E A SÉTIMA QUE ELE ABOMINA


Imagem relacionada



AS  SEIS COISAS QUE O ETERNO ODEIA E  A  SÉTIMA QUE ELE ABOMINA

       Existem muitas coisas que o Eterno odeia, o Eterno odeia o pecado, a iniqüidade, a impiedade, a transgressão, a injustiça, os frutos da carne descrito em gálatas, bem como todo e qualquer pecado, por pensamentos, palavras e obras. Quando pecamos, pecamos diretamente contra o Eterno, pecamos contra a igreja, contra o próximo, mas sempre pecamos e provocamos a ira do Eterno Criador. Todo pecado constitui ofensa, e provoca a ira  e o furor do Eterno, o Eterno odeia o pecado, mas ama o pecador arrependido e alcançado por sua maravilhosa graça. Em provérbios encontramos uma lista descrita pelo autor que o Senhor abomina, e estes são pecados terríveis e que o autor nos adverte para não cometermos. Claro que existem inúmeros outros pecados descritos nas Escrituras, todos são odiados pelo Eterno.
        Vamos analisar esta pequena lista elaborada pelo autor do livro de provérbios:
 “ Estas seis coisas o Senhor odeia, e a sétima a sua alma abomina:
Olhos altivos, língua mentirosa, mãos que derramam sangue inocente,
O coração que maquina pensamentos perversos, pés que se apressam a correr para o mal,
A testemunha falsa que profere mentiras, e o que semeia contendas entre irmãos.”
Provérbios 6:16-19
    O texto é bem claro e enfático, o Eterno odeia os seis da lista, e o sétimo Ele abomina. Pode-se observar claramente que os seis pecados são terríveis diante do Eterno, porém, o último da lista é abominável, é algo quer o Criador detesta, odeia e não tolera de forma nenhuma, é algo que entristece profundamente o Criador. Este pecado é o fato de alguém semear contenda entre os irmãos, isto pode se aplicar aos crentes e descrentes, se aplica aos irmãos da igreja, aos amigos, familiares, vizinhos, colegas de faculdade, escola e  curso. Semear contendas, brigas, desavenças em qualquer meio e em qualquer lugar é algo que o Eterno abomina, Ele não aceita de forma nenhuma, será que você e eu não estamos pecando nisto?.
          Os outros seis pecados da lista, devemos evitar é claro, mais este sétimo, me chamou muito atenção, por estar destacado da lista, volte e leia o texto. Este pecado o  escritor fez questão de destacar e afirmou categoricamente que o Eterno o abomina. Quando semeamos contendas, as mesmas vão gerar conseqüências desastrosas lá na frente. Semear contendas, causa brigas, discussões, iras, inimizades, destrói ministérios, magoa pessoas, afasta as pessoas de Cristo e atrapalha a vida espiritual de todos, tanto a vida de quem semeia contendas, quanto a vida de quem é prejudicado com as contendas, cuidado com este pecado, ore para não cometer este pecado, pois as conseqüências são horríveis e prestaremos conta um dia diante do Eterno.
Um forte abraço querido(a), se gostou compartilhe,


                                       Márcio de Medeiros

Site consultado:
https://www.bibliaonline.com.br/acf/pv/6


774-ABANDONANDO TUDO E INDO EMBORA DE CASA





ABANDONANDO TUDO E SAINDO DE CASA

       A vida cristã é uma vida de abandono, ou seja, de renúncia, a vida com Deus é uma vida de renúncia de tudo o que o “sistema mundo” oferece. Você e eu como cristãos, devemos renunciar o nosso “eu”, as nossas vontades terrenas, os nossos prazeres materiais, devemos renunciar as concupiscências da carne, bem como renuncia tudo o que nos afasta do Eterno Deus, devemos renunciar todas as velhas práticas mundanas, como: Vícios, ódio, inveja, orgulho, lascívia, inimizades, arrogância, bebedices, dissensões, vãs filosofias, pecados e os frutos da carne descritos nas santas Escrituras. A vida com  Cristo é um vida de renuncia do pecado, uma vida de renuncia de tudo o que te afasta de Deus. A vida com Deus é um vida dedicada totalmente às coisas concernentes ao Reino de Deus. É uma vida de renuncia do velho homem, da velha natureza pecaminosa. A vida do cristão é uma vida cheia do Espírito Santo, e se estar cheia do Espírito, então não há mais espaço para os prazeres mundanos pecaminosos. Quando o copo está cheio, não cabe mais nada dentro dele.
        Cristo foi bem claro, Ele disse que se alguém quiser segui-lo, se de fato quiser ser o seu discípulo, deve renuncia o seu “eu”, deve renunciar as suas velhas práticas mundanas. Você e eu devemos negar à nós mesmos e carregar a nossa cruz, ou seja, trabalhar e se envolver na obra de Deus, abandonando tudo o que atrapalha a nossa vida espiritual com Deus. Aprenda a renunciar. Vamos examinar as Escrituras:

“E dizia a todos: Se alguém quer vir após mim, negue-se a si mesmo, e tome cada dia a sua cruz, e siga-me. Porque, qualquer que quiser salvar a sua vida, perdê-la-á; mas qualquer que, por amor de mim, perder a sua vida, a salvará.”
Lucas 9:23,24
“Já estou crucificado com Cristo; e vivo, não mais eu, mas Cristo vive em mim; e a vida que agora vivo na carne, vivo-a pela fé do Filho de Deus, o qual me amou, e se entregou a si mesmo por mim.’
Gálatas 2:20
“ Portanto, ó rei, aceita o meu conselho: Renuncia a teus pecados e à tua maldade, pratica a justiça e tem compaixão dos necessitados. Talvez, então, continues a viver em paz".
Daniel 4:27
“Assim, pois, qualquer de vós, que não renuncia a tudo quanto tem, não pode ser meu discípulo.
Bom é o sal; mas, se o sal degenerar, com que se há de salgar?
Nem presta para a terra, nem para o monturo; lançam-no fora. Quem tem ouvidos para ouvir, ouça.”
Lucas 14:33-35
“E dizia a todos: Se alguém quer vir após mim, negue-se a si mesmo, e tome cada dia a sua cruz, e siga-me.
Porque, qualquer que quiser salvar a sua vida, perdê-la-á; mas qualquer que, por amor de mim, perder a sua vida, a salvará.”
Lucas 9:23,24

Site consultado:
Bibliaonline.com

domingo, 21 de abril de 2019

773- A PÁSCOA QUE MUITOS DESCONHECEM

Resultado de imagem para pascoa e cristo e ovo




Qual o Verdadeiro Sentido da Páscoa Para os Cristãos?
A origem da páscoa ocorreu um pouco antes do “derramamento” da última praga – a dos primogênitos – sobre o Egito. O termo páscoa em hebraico é pesah e significa: pular além da marca, passar por cima, poupar.
Ela foi instituída pelo Senhor Deus como estatuto perpétuo e está diretamente ligada ao sacrifício de Jesus. Ele é a nossa Páscoa!
Com o passar dos anos a data se transformou em uma oportunidade de aquecimento das vendas para o comércio, mas nem de longe este é o seu principal objetivo. O sentido real da páscoa é completamente espiritual.
Portanto, neste estudo bíblico minha intenção é lhe mostrar de maneira detalhada:
O que é a Páscoa?
Porque ela existe?
Qual o significado em nos nossos dias?
Então leia o estudo até o final, e aproveite!

A Páscoa Judaica e o Sacrifício do Cordeiro
A páscoa judaica foi celebrada pela primeira vez, um pouco antes da saída dos hebreus do Egito. Na verdade, ela marca o início da última praga, a morte dos primogênitos.
O anjo do Senhor passaria e tiraria a vida do filho mais velho de cada família que não tivesse aliança com Deus, e para que o anjo pudesse fazer distinção, a Páscoa foi estabelecida (Êxodo 12:1- 6).
A data é extremamente importante para o povo de Deus, tanto que passou a marcar o início do ano. Isto é, entre março e abril, o calendário anual começaria para eles.
No décimo quarto dia desta data, o chefe da família deveria separar um cordeiro ou cabrito macho, de um ano, perfeito e oferecê-lo em sacrifício ao Senhor até o pôr-do-sol daquele dia.
O mais belo na celebração da páscoa é a unidade.
O pai deveria reunir sua mulher e filhos ao redor do Cordeiro e refletir sobre a grandeza e as obras de Deus. Todos juntos, ao olhar para o sacrifício deveriam expressar gratidão e santificação ao Senhor.
O Sangue, as Ervas e o Fogo
O sangue do animal possuía importância única em tudo isso. Ele deveria ser “passado” na entrada da casa de cada hebreu (Êxodo 12:7,8).

O sangue mostraria ao Anjo do Juízo que ali havia uma família que tinha aliança com Deus e não deveria ser punida.
Enquanto o juízo de Deus estava sendo derramado sobre os ímpios egípcios, os consagrados filhos de Deus estavam comendo a carne do Cordeiro, temperado com ervas amargas e pão sem fermento.
Isto é, eles estavam se alimentando do sacrifício redentor, lembrando de suas aflições como escravos e o quanto haviam sofrido no Egito. O pão sem fermento nos aponta para uma vida santa. Longe do pecado.
Não devemos viver sobre o domínio do pecado. Devemos ser santos para Deus e praticantes da sua palavra e justiça, isso é muito agradável ao Senhor.
Tudo Deve Ser Consumido
Todo o sacrifício, isto é, o Cordeiro deveria ser consumido completamente. Não apenas as “partes boas”, como as coxas, mas todo o Cordeiro (Êxodo 12:9,10).
Ou seja, devemos conhecer, provar e viver todo o sacrifício redentor de Cristo. Não apenas a prosperidade, a saúde ou bem estar, mas tudo. Inclusive as aflições do Senhor Jesus.
Dessa maneira, participaremos também da sua glória.
Prontos Para Partir
Por fim, ao comer a Páscoa, os Hebreus deveriam estar prontos para partir. Quando o juízo de Deus fosse derramado sobre o Egito, eles seriam poupados e as portas da liberdade lhes estariam abertas.
A expectativa deles deveria ser que o Egito era um lugar transitório. As aflições, dores, angústias e expectativas frustradas eram momentâneos. Estavam diretamente ligadas aquele lugar (Êxodo 12:11).
Ou seja, eles não pertenciam aquilo. Seu futuro não era ali. A viagem estava apenas começando.
O Juízo de Deus
Enquanto os hebreus comiam a Páscoa do Senhor e vigiam sobre os mandamentos, o Anjo do Juízo foi enviado para derramar a última praga sobre o Egito (Êxodo 12:12-14).
Seguir todos os princípios de redenção, estabelecidos pela Páscoa garantiria a segurança dos hebreus. Aquele ritual deveria ser guardado para sempre. Perpetuamente.
Enquanto eles o celebrassem, a redenção estaria em sua memória e seria renovada sobre suas vidas.
Significado Bíblico da Páscoa
A instituição da Páscoa no Antigo Testamento, foi um apontamento da redenção promovida por Jesus Cristo na sua morte na Cruz (Hebreus 10:1).

Há alguns elementos na Páscoa de Êxodo 12, que fazem referência direta ao Filho de Deus, observe:

1. A celebração da páscoa era a celebração da graça de Deus – o evento marca a libertação de um povo não merecedor, de seu estado de escravo para a liberdade como nação. O mesmo o Senhor Jesus faz por aqueles que creem – “pela graça sois salvos” – conforme está escrito em Efésios 2.8 – 10.
2. O propósito do sangue – o anjo do juízo ao ver o sangue do Cordeiro na porta entendia que ali havia uma família que temia a Deus. Ou seja, o propósito do sangue era remir e poupar da morte.O mesmo acontece com o sangue de Jesus. Ele nos purifica de todo o pecado e nos livra do juízo de Deus sobre a humanidade. (Hebreus 9.12)
3. O cordeiro pascoal – este foi o sacrifício exigido por Deus no deserto, o Cordeiro inocente, sem defeito e de um ano, assumia o lugar dos pecadores hebreus e servia como propiciação por suas culpas.
Da mesma forma, o inocente Jesus Cristo, sem defeito e sem culpa foi crucificado em nosso lugar, como sacrifício agradável a Deus e como propiciação pelos nossos pecados (1 Coríntios 5.7)
4. Alimentar-se do Cordeiro – no deserto os hebreus não deviam apenas sacrificar o Cordeiro, mas alimentar-se dele completamente. Isto é, não poderia sobrar nada, todo o Cordeiro deveria ser consumido.
Isto nos mostra que Cristo deve ser o nosso alimento. Ele é o Pão da Vida. Seus ensinos, milagres e vida devem nos inspirar e mostrar a direção que devemos seguir.
Neste ponto, entra a instituição da Santa Ceia. Em que o pão e o suco da videira, representam o corpo e o sangue do Senhor Jesus. Ou seja, devemos nos alimentar constantemente dele.

Qual o verdadeiro sentido da Páscoa?
O verdadeiro sentido da Páscoa está ligado a redenção, graça e libertação. Estes três elementos podem ser observados tanto na celebração da Páscoa no deserto, antes da saída do Egito, como no sacrifício de Jesus no Calvário.

Ou seja, é uma data extremamente importante na história do povo de Deus.

O Diabo em todas as suas astúcias, ao longo da história associou o evento, a Coelho e Ovos de Chocolate, quando na verdade os elementos mais importantes são a morte de Jesus e o seu sangue.

A instituição da Santa Ceia e a crucificação de Jesus, ocorreram na Páscoa, ou seja, é um estatuto perpétuo que é celebrado por milhares de cristãos ao longo dos séculos (Lucas 22:15).
Ao morrer em nosso lugar na Cruz, Jesus se tornou a nossa Páscoa. Agora, ao olhar para os crentes, Ele vê o sangue do Cordeiro e o sacrifício perpétuo.
Com isso, quando celebramos a páscoa devemos refletir, aprender e ser gratos por tudo o que o Senhor tem feito por nós.

Conclusão
A páscoa é um memorial eterno que celebra a redenção, graça e libertação do povo de Deus, das garras da morte, do pecado e do inferno.
A belíssima simbologia que é envolvente e rica, aponta unicamente para o amor de Jesus demonstrado na Cruz do Calvário.
O Senhor nos amou e assumiu o lugar do Cordeiro imolado no deserto. O seu sangue, continua sendo aspergido sobre as nossas vidas, casas e famílias para nos guardar do juízo de Deus.
Devemos celebrar a páscoa com sentimento de gratidão e euforia, por aquilo que Deus fez e tem feito por cada um de nós.
Por fim, eu gostaria de conhecer sua opinião. Deixe seu comentário. O que você acha desse assunto? Tem alguma dúvida? Compartilhe com o mundo!
E não esqueça de compartilhar com seus parentes e amigos!
Deus abençoe!

Fonte:
https://www.jesuseabiblia.com/estudos-biblicos/estudo-biblico-sobre-a-pascoa/

domingo, 14 de abril de 2019

772-A GRANDE NECESSIDADE DA IGREJA!!!


A GRANDE NECESSIDADE DA IGREJA
 Resultado de imagem para duvida

Vivemos o final dos tempos, esta é sem dúvida a última era da igreja. A grande necessidade da igreja se não for a maior, é a necessidade de oração. Quanto tempo você investe em oração?, a sua vida é uma vida de oração?. Você tem tido uma vida de conversa constante com o Eterno?.
   Todos os homens e mulheres do passado, eram homens e mulheres de oração, e os do presente também são pessoas comprometidas com a oração. Uma vida sem oração, é uma vida sem poder, uma vida sem intimidade com o Criador. Nos tempos bíblicos, as pessoas tinham uma vida de oração, e ocorriam muitos milagres, sinais, curas e Deus operava grandemente. Sabe-se que o cristão que não ora, esta fadado ao fracasso e prestes a se desviar. Temos que orar sem cessar, orar em todo o tempo, em todo lugar e orar por tudo.
 Sabe-se que é através da oração e da fé que Deus opera. É através da intimidade com o Criador que aprendemos e conquistamos mais em nossa vida espiritual. Se queremos prosperar em todos os sentidos, se queremos crescer, conquistar, ganhar almas para o reino de Deus, se queremos vencer o pecado e sermos vitoriosos em nossas vidas, temos que cultivar o hábito de ora cem cessar, temos que orar por nós mesmos e pelos outros.  Ficaremos cada vez mais fracos sem oração,pois, a oração alimenta a vida do crente, a oração é poderosa e eficaz feita pelo justo. O cristão deve orar pela sua vida espiritual. Se queremos vencer o pecado, devemos orar sempre. Leia:
“Orem continuamente.” -1 Tessalonicenses 5:17
    Devemos deixar a religiosidade de lado, e orar para valer, orar com firmeza e com determinação, devemos derramar lágrimas, aos pés do Senhor e Salvador Jesus Cristo. A tua oração não pode ser uma oração de agradecimento pelo almoço, ou uma simples oração de 1 minuto pedindo algo ou agradecendo, não, devemos investir muito, mas muito tempo mesmo na oração.
  Será que você sabe de fato mesmo como orar?, será que sabemos da importância da oração com fé? Será que priorizamos o hábito de orar todos os dias? A Palavra de Deus nos exorta a orar sem cessar, e nos desafia em várias passagens à orar, a buscar a face do Eterno. Jesus orou e exortou os seus discípulos a orar:
"Minha oração não é apenas por eles. Rogo também por aqueles que crerão em mim, por meio da mensagem deles,”
João 17:20
 Vamos ler algumas passagens sobre oração:
“Orem continuamente.”
1 Tessalonicenses 5:17
 “O Senhor está longe dos ímpios, mas ouve a oração dos justos.”
Provérbios 15:29
“E tudo o que pedirem em oração, se crerem, vocês receberão".
Mateus 21:22
“Ele respondeu: "Essa espécie só sai pela oração e pelo jejum".
Marcos 9:29
“Alegrem-se na esperança, sejam pacientes na tribulação, perseverem na oração.”
Romanos 12:12
“O fim de todas as coisas está próximo. Portanto, sejam criteriosos e sóbrios; dediquem-se à oração.”
1 Pedro 4:7
“Ficamos alegres sempre que estamos fracos, e vocês estão fortes; nossa oração é que vocês sejam aperfeiçoados.”
2 Coríntios 13:9
"Minha oração não é apenas por eles. Rogo também por aqueles que crerão em mim, por meio da mensagem deles,
João 17:20
“A viúva realmente necessitada e desamparada põe sua esperança em Deus e persiste dia e noite em oração e em súplica.’
1 Timóteo 5:5
“E a oração feita com fé curará o doente; o Senhor o levantará. E se houver cometido pecados, ele será perdoado.”
Tiago 5:15
“Não andem ansiosos por coisa alguma, mas em tudo, pela oração e súplicas, e com ação de graças, apresentem seus pedidos a Deus.”
Filipenses 4:6
“Disse-lhes: "Está escrito: ‘A minha casa será casa de oração’; mas vocês fizeram dela ‘um covil de ladrões’".
Lucas 19:46
"Vá dizer a Ezequias: ‘Assim diz o Senhor, o Deus de seu antepassado Davi: Ouvi sua oração e vi suas lágrimas; acrescentarei quinze anos à sua vida.’
Isaías 38:5
“Deus ouviu a oração de Manoá, e o anjo de Deus veio novamente falar com a mulher quando ela estava sentada no campo; Manoá, seu marido, não estava com ela.”
Juízes 13:9
        Portanto, ora sem cessar, um forte abraço,

                                                     Márcio de Medeiros

Site consultado:
https://www.bibliaonline.com.br/

quarta-feira, 3 de abril de 2019

771-ELA É MINHA, NÃO SE ESQUEÇA!


Resultado de imagem para escudo e espada dourado



ELA E MINHA, NÃO SE ESQUEÇA!

        Hoje em dia, é muito comum ouvirmos casos de escândalos no meio evangélico e nas mídias sociais, e principalmente nas mídias televisivas. Existem muitos casos de falsos mestres, falsos líderes e falsos obreiros, existem muitos oportunistas e aproveitadores da fé genuína dos fiéis.
         Mas temos uma promessa do nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo, Ele prometeu que  “as portas do inferno”, não prevaleceriam contra a igreja dEle. A igreja é dEle, a glória é dEle, o poder, a honra é dEle. Cristo, fundou, edificou, mantêm e deixou uma gloriosa promessa que a sua igreja, não seria destruída, Cristo a sustenta com a sua mão forte e poderosa. Às vezes, alguns esquecem desta promessa. Alguns cristãos ficam abalados e atemorizados pelas investidas de satanás, ficam apavorados e se sentem intimidados no que tange aos sofismas, heresias, extremismos, aberrações, exageros e escândalos, que tanto assolam a igreja do Salvador. Ela é dele, não é sua. Você e eu somos parte integrante da igreja de Deus. Cristo disse e está ainda dizendo hoje, pois, Ele não pode voltar atrás com a sua Palavra. Vamos ler as Escrituras:
“E eu digo que você é Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha igreja, e as portas do Hades não poderão vencê-la.”
                                                          Mateus 16:18
       Temos uma promessa clara do Salvador, Ele prometeu que a sua igreja triunfaria, e satanás não prevalecerá contra Ela. Vamos ler mais:
“Vocês, porém, são geração eleita, sacerdócio real, nação santa, povo exclusivo de Deus, para anunciar as grandezas daquele que os chamou das trevas para a sua maravilhosa luz. Antes vocês nem sequer eram povo, mas agora são povo de Deus; não haviam recebido misericórdia, mas agora a receberam.”
1 Pedro 2:9-10
      O texto deixa claro, somos povo exclusivo de Deus, portanto, o que é de Deus não será exterminado, se somos a igreja de Deus, Deus cuida de nós, Ele cuida daquilo que é dEle, a igreja é dEle, não se esqueça disso.
      Cristo o nosso amado salvador, também prometeu que jamais nos abandonaria, Ele prometeu que estaria conosco todos os dias e até a consumação dos séculos. Portanto, a igreja de Deus não será destruída pelas obras das trevas. Vamos ler as Escrituras:
“Então, Jesus aproximou-se deles e disse: "Foi-me dada toda a autoridade nos céus e na terra. Portanto, vão e façam discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo, ensinando-os a obedecer a tudo o que eu ordenei a vocês. E eu estarei sempre com vocês, até o fim dos tempos".
Mateus 28:18-20
     A igreja é a noiva do Cordeiro santo que é Cristo, portanto, Cristo cuida da sua noiva e a espera. Então, esta é mais uma prova de que a igreja pode até ficar abalada, mas vencerá sobre as potestades das trevas e sobre satanás. A igreja é dEle, e Ele, o nosso Eterno Salvador cuida da mesma. Vamos ler:
“Regozijemo-nos! Vamos alegrar-nos e dar-lhe glória! Pois chegou a hora do casamento do Cordeiro, e a sua noiva já se aprontou.”
Apocalipse 19:7

      Um forte abraço em Cristo,

                                                        Márcio de Medeiros


segunda-feira, 1 de abril de 2019

770-A TRANSFORMAÇÃO QUE TRANSFORMA


A TRANSFORMAÇÃO QUE TRANSFORMA

Resultado de imagem para a transformaçao impactante

        Segundo a Bíblia todos os homens e mulheres que tiveram um encontro genuíno com Cristo tiveram as suas vidas transformadas, e promoveram transformações na sociedade e na vida de outras pessoas. Ocorreu uma transformação na vida do discípulo de Cristo e o mesmo foi capacitado a transformar, ou melhor, o mesmo foi capacitado e usado por Deus para ser um instrumento de transformação na vida, e na sociedade do seu tempo. Pode-se citar : Pedro, Paulo, João, Tiago, Judas (não o iscariotes), Lucas, Mateus, Marcos, Moisés, Elias, Eliseu, Isaías, Jeremias, dentre outros que poderíamos citar. Leia:
“Digo a verdade: Aquele que crê em mim fará também as obras que tenho realizado. Fará coisas ainda maiores do que estas, porque eu estou indo para o Pai.”
João 14:12
“Estes sinais acompanharão os que crerem: em meu nome expulsarão demônios; falarão novas línguas; pegarão em serpentes; e, se beberem algum veneno mortal, não lhes fará mal nenhum; imporão as mãos sobre os doentes, e estes ficarão curados".
Marcos 16:17-18
“Eu dei a vocês autoridade para pisarem sobre cobras e escorpiões, e sobre todo o poder do inimigo; nada lhes fará dano.”
Lucas 10:19
“Pois o Reino de Deus não consiste em palavras, mas em poder.”
1 Coríntios 4:20
“Finalmente, fortaleçam-se no Senhor e no seu forte poder.”
Efésios 6:10
“Estêvão, homem cheio da graça e do poder de Deus, realizava grandes maravilhas e sinais no meio do povo.”
Atos dos Apóstolos 6:8
        Atente bem pelo fato de que todos eles tiveram uma experiência de vida, um encontro pessoal com o Eterno, com Cristo. Primeiro homens e mulheres de Deus tiveram suas vidas impactadas, moldadas, preenchidas e ungidas pelo poder do alto, logo após provocaram impacto, mudança, evangelização, conversões e avivamento em sua sociedade.
         Houve uma transformação na vida de cada um. Todos os homens e mulheres que tiveram um encontro genuíno com Cristo, eram homens e mulheres de oração. Todos eles deixaram um legado de fé. Todos eles deixaram escritos, realizaram curas, pregaram e ganharam almas para o reino de Deus. Nenhum daqueles homens e mulheres que tiveram as suas vidas impactadas e inundadas por Cristo e pelo Evangelho genuíno, jamais ficaram na inércia, na mesmice, no fracasso e no pecado. Todos eles impactaram vidas, famílias e a sociedade de seu tempo. E você e eu?, qual o legado e a transformação que estamos deixando para as gerações futuras?, onde esta o nosso legado de fé?, qual o impacto que estamos promovendo em nossa sociedade, nas nossas famílias e na vida dos não salvos? Eu e você, precisamos ser transformados, impactados, preenchidos e ungidos a cada dia, para transformar mais e mais a nossa sociedade. Porém, há de convir que a transformação, o impacto, o preenchimento e o poder tem que começar em nós, para depois ser refletidos nos outros. Os homens e mulheres da Bíblia, morreram, foram torturados, perseguidos ou mortos pelo Evangelho, mas jamais negaram a sua fé e jamais desistiram da sua missão de proclamar o Evangelho. Transforme a sua vida, transforme a sua família, transforme a sociedade pelo poder de Deus.
         Apenas em Cristo você e eu conquistamos esta transformação, esse poder e esta capacitação para a transformação impactante na nossa geração. Com Cristo, com a fé, com a oração, com a comunhão com o Eterno e com o auxílio do Espírito Santo transformaremos essa geração e deixaremos um legado de fé, amor e esperança para a sociedade. Medite nisto. E que o Eterno te abençoe muito, e nos ajude nesta nobre missão de transformar a nossa geração em uma geração melhor.
                                     Márcio de Medeiros

Site consultado: