CONTADOR DE VISITAS

contador de acessos

Funk Gospel- Novas 2016-2017

FUNK E NOVO SOM

funk gospel e infantil

MX GOSPEL

HINOS JUDAICOS E ROMANTICAS

FUNK GOSPEL- VARIOS

MUSICAS MESSIANICAS

MELODY E VARIAS

VIDEO DO POKEMON

ESTUDO-INFERNO

Jogos para voce

ORIENTE MÉDIO

TURMINHA DA GRAÇA E MIDINHO

OS TRAPALHOES E A PRINCESA XUXA

Os trapalhoes-vol. 2

PRIMEIRO EPISÓDIO DO CHAPOLIN

PRIMEIRO EPISÓDIO DO CHAVES

DE GRAÇA RECEBESTE, DE GRAÇA DAI!!!!.

DE GRAÇAS RECEBESTES,DE GRAÇA DAI-MT10.8

ESTUDO-Jo 3.16

ESTUDO SOBRE ADORAÇÃO

INFANTIL

HINOS JUDAICOS

FUNK GOSPEL E ROMANTICAS 03

JOGO DE PERGUNTAS BÍBLICAS

CLIQUE PARA RESPONDER AS PERGUNTAS Coloque este widget em seu blog

FUTEBOL COM CARROS

JOGO ATIRE NAS GARRAFAS

JOGO DA BALEIA

JOGO DA BALEIA

Jogo pac man

JOGO BASKET

JOGO blast

JOGO MAGNETO

JOGO DE CORRIDA

Corrida Bíblica–o game

JOGO DA VELHA 02

Mais Jogos no Jogalo.com JOGO DA VELHA 02

JOGO BÍBLICO DE PERGUNTAS

Noticias g1

LEITURA EM INGLÊS

LEITURA EM INGLÊS

LEITURA EM INGLÊS 02

LEITURA EM INGLÊS 02

NOVO SOM E DIVERSOS

funk gospel e musica judaica 02

ROMANTICASM JUDAICA E FUNK GOSPEL

RELÓGIO COM MENSAGEM

ROMANTICAS E FUNK GOSPEL

ROMANTICAS E FUNK GOSP. 02

ROMANTICAS GOSPEL

FUNK GOSPEL 25

FUNK GOSPEL 24

FUNK GOSPEL23

FUNK GOSPEL 22

FUNK GOSPEL 21

funk gospel 20

FUNK 19

/>

funk gospel 18

FUNK GOSPEL 16

FUNK GOSPEL 15

FUNK GOSPEL 14

GOSPEL FUNK 17

Prof. Marcio de Medeiros--ESTUDO SOBRE O INFERNO

NOTICIAS DE CONCURSOS

BEM ESTAR -GNT

FILME-A ÚILTIMA BATALHA

BATE PAPO CRISTÃO

Qual é a sua avaliação sobre este blog?

Formulario de autoresposta


Nome:

E-Mail:

Assunto:

Mensagem:


NOVO SOM-ROMANTICAS

FUTEBOL 03

Placares oferecidos por futebol.com

FUTEBOL 04

Tabela futebol Brasileirão Serie A oferecida por Futebol.com

HOMENAGEM AO PROF. MARCIO DE MEDEIROS,FEITA PELOS SEMINARISTAS DO SETEF

HOMENAGEM AO PROF. MARCIO DE MEDEIROS,FEITA PELOS SEMINARISTAS DO SETEF-SEMINARIO TEOLÓGICO FILADÉLFIA-J. BOM PASTOR-BELFORD ROXO-RJ

CAIXA DE CURTI FANPAGE

CUMPRIMENTO AO VISITANTE

link me

Prof Marcio de Medeiros

Por favor coloque este codigo em seu site ou blog e divulgue o nosso blog

NOTÍCIAS RIO

REDECOL NOTICIAS




NOTICIAS

G1 NOTICIAS

G1 NOTICIAS

MENTE MILIONARIA

MENTE MILIONARIA-COMO SER BEM SUCEDIDO FINANCEIRAMENTE
CLIQUE E ASSISTA!!!!

PROP. DA PAGINA NO FACE04

BUSCA DE EMPREGOS

BATIDAO GOSPEL 10

FUNKS DIVERSOS 11

BATIDÃO GOSPEL12

FUNK GOSPEL 13

Batidao 09

BATIDAO 08

BATIDÃO 07

BATIDÃO GOSPEL 06

BATIDÃO GOSPEL 3

BATIDÃO GOSPEL 4

BATIDÃO GOSPEL 07

BATIDÃO GOSPEL

BATIDÃO GOSPEL 2

BATIDAO GOSPEL 05

PROPAGANDA DA PAG. DO FACE

SITE DE ENTRETENIMENTO

UTILITARIOS EM GERAL

CALENDARIO E JESUS

CALENDÁRIO E PAISAGEM

musicas do c.c e da harpa

PROPAGANDA DA PAG. DO FACE 03

BANNER DO SITE DE ENTRETENIMENTO

SITE DE ENTRETENIMENTO

MENSAGEM PARA VOÇÊ 2

SITE DE ENTRETENIMENTO

SITE DE ASSUNTOS BÍBLICOS

SITE DE CULTURA

DESENHO DA CRIAÇÃO E DE NOÉ

DESENHO SOBRE A CRIAÇÃO
CLIQUE NO VÍDEO PARA ASSISTÍ-LO
DESENHO SOBRE A CRIAÇÃO
CLIQUE NO VÍDEO PARA ASSISTÍ-LO
DESENHO SOBRE A ARCA DE NOÉ-CLIQUE E ASSISTA.

DESENHO SOBRE JOSUÉ

DESENHO SOBRE JOSUÉ-CLIQUE PARA ASSISTIR.

DESENHO SOBRE MOISÉS

DESENHO SOBRE MOISÉS-CLIQUE E ASSISTA.

DESENHO-O NASCIMENTO DE JESUS

O NASCIMENTO DE JESUS-CLIQUE PARA ASSSITIR

FILME-INFERNO EM CHAMAS

FILME O INFERNO EM CHAMAS

PROPAGANDA DA PAG. DO FACE 02

DA LINK SA PAG.DO FACE DO BLOG

AULA DE BIBLIOL.SETEF-07/05/13

AULA DE BIBLIOLOGIA-DATA:07/05/13- MINISTRADA DO SEMINARIO SETEF

Pag do facebook 02

terça-feira, 18 de dezembro de 2012

304-A MATRIX QUE VOÇÊ NÃO CONHECE!!!

"Você já teve um sonho, Neo, em que você estava tão certo de que era real? E se você fosse incapaz de se acordar desse sonho? Como saberia a diferença entre o mundo do sonho e o real?" (Morfeu questionando Neo, Filme Matrix).
Se vivemos em um mundo que nada mais é do que uma Matrix ilusória, então faço minhas as palavras do poeta João Cabral de Melo Neto, em O Artista Inconfessável: "Fazer o que seja é inútil. Não fazer nada é inútil. Mas entre fazer e não fazer mais vale o inútil do fazer"!
Se vivemos em um mundo inverossímil e somos todos apenas parte de um programa de computador, então desabafo indignado: triste sorte a nossa, homens desgraçados que somos, será que não nascemos para alguma coisa melhor?!
Se a filosofia pós-moderna, o hinduísmo, o budismo e a trilogia Matrix estão corretos em afirmarem que o nosso mundo é irreal, então, meus queridos irmãos, o niilismo* está em alta, Deus morreu, a realidade está em crise e eu também não estou lá muito bem!
A filosofia pós-moderna
No filme Matrix os homens e todo o nosso mundo não passam de um software, um programa de computador, uma mera ilusão.

Ninguém sabe por certo quando a pós-modernidade começou. Alguns afirmam que sua origem foi no início do século XX, outros dizem que foi na metade do século XX e outros asseguram que foi no início da década de 1980.
Porém, uma coisa é certa: diversos analistas culturais afirmam que, apesar de não sabermos quando esta era começou, estamos de fato vivendo em uma sociedade pós-moderna. Mas, o que é pós-modernidade?
O termo "pós-modernidade" é de ampla definição e foi cunhado pelo famoso historiador britânico Arnold Joseph Toynbee (1889-1975) na década de 1940, quando escrevia os seus doze volumes intitulados Um Estudo da História. Toynbee era um filósofo católico, porém influenciado pelo hinduísmo.
Segundo Toynbee, a pós-modernidade se caracteriza especialmente pela decadência da cultura ocidental, do cristianismo e de tudo o que é absoluto. Resumindo, no pós-modernismo, morre o cristianismo e sua única verdade absoluta (Jesus Cristo) e tudo passa a ser relativo.
Alguns filósofos franceses também debruçaram-se sobre o tema da pós-modernidade, entre eles, Jean-François Lyotard, Michel Maffesoli e Jean Baudrillard (cujo livro Simulacro e Simulação aparece rapidamente no filme Matrix).
Baudrillard afirma que nos tempos pós-modernos ocorrerá o "domínio do simulacro" onde será possível a substituição do mundo real por uma versão simulada tão eficaz quanto a realidade. Em outras palavras, a simulação cria um perfeito simulacro da realidade, como um sonho tão vívido que, ao "acordarmos", não conseguimos distinguir entre ilusão e verdade.
A trilogia Matrix
A trilogia Matrix está em plena sintonia com a filosofia pós-moderna, com o hinduísmo, com o budismo, entre outras visões de mundo.
A série Matrix é uma fantástica aventura cibernética, recheada de superefeitos especiais, onde a Terra foi totalmente dominada por máquinas dotadas de inteligência artificial, que passaram a ter controle sobre a raça humana. Os homens e todo o nosso mundo não passam de um software, um programa de computador, uma mera ilusão. Resumindo, nessa trilogia, nosso complexo mundo físico, com todos os seus ecossistemas, e nosso sofisticado corpo humano não passam de uma realidade virtual, como um joguinho de computador, semelhante ao The Sims, Sim City ou Age of Empires.
Matrix também tem uma forte analogia com o cristianismo. Existe uma trindade benigna no filme, composta por Trinity ("Trindade", em inglês), Morfeu ("deus dos sonhos" na mitologia grega. Ele faz o papel de João Batista ao preparar o caminho para o "escolhido" e o de Deus Pai ao assumir a figura paterna de todos que já foram libertos da ilusão) e Neo (do grego "novo". Esse é o "escolhido" e um substituto para Jesus Cristo).
Na primeira aparição de Neo ficamos logo sabendo qual será sua função na trilogia. Choi, um cliente de Neo, chega ao quarto de Neo com alguns amigos para pagar e receber uma encomenda. Ele lhe agradece de uma maneira que passa a ser quase uma profecia sobre o futuro de Neo: "Aleluia. Você é meu Salvador, cara. O meu Jesus Cristo pessoal".
No primeiro filme da série, há mais de dez referências a Neo como o "eleito" ou o "escolhido". No primeiro episódio, Neo morreu, ressuscitou e ascendeu aos céus (isso faz você se lembrar de quem?).
Matrix tem uma forte analogia com o cristianismo. Existe uma trindade benigna no filme, composta por Trinity ("Trindade", em inglês), Morfeu ("deus dos sonhos" na mitologia grega) e Neo (do grego "novo". Esse é o "escolhido" e um substituto para Jesus Cristo).

Em Matrix Reloaded, o segundo episódio da série, há uma cena rápida de mais ou menos vinte segundos, quando Neo sai de um elevador na "Cidade de Zion" ("Sião", em inglês) e é abordado por pessoas de várias faixas etárias, muitas com trajes orientais e trazendo oferendas nas mãos. Trinity lhe diz: "Eles precisam de você". Duas mães se aproximam de Neo fazendo alguns pedidos especiais sobre seus filhos. Neo é querido, respeitável e um solucionador de problemas.
Neo move-se com uma rapidez incrível (mais rápido do que o Super-Homem ou qualquer projétil), salva pessoas prestes a serem mortas, tem uma força incomum, tem capacidade para mover objetos sem tocá-los e, a exemplo de Jesus Cristo, também ressuscitou uma pessoa amada. Pronto: "Neo é o nosso melhor amigo e o nosso salvador", essa é uma das mensagens sutis que a trilogia passa nas suas entrelinhas.
Porém, a principal mensagem da trilogia é um novo conceito da "verdade". Nessas películas cinematográficas, a "verdade" é que este mundo é apenas uma matrix ilusória. Observe um diálogo entre Morfeu e Neo e veja o que é a "verdade":
Neo: O que é Matrix?
Morfeu: Você quer saber o que é Matrix? Matrix está em toda parte [...] é o mundo que acredita ser real para que não perceba a verdade.
Neo: Que verdade?
Morfeu: Que você é um escravo, Neo. Como todo mundo, você nasceu em cativeiro. Nasceu em uma prisão que não pode ver, cheirar ou tocar. Uma prisão para a sua mente.
Quando Neo vai consultar o oráculo, ele encontra um menino em trajes budistas que consegue entortar colheres sem tocá-las. Observe no diálogo o que é a "verdade":
Menino: Não tente dobrar a colher. Não vai ser possível. Em vez disso, tente apenas perceber a verdade.
Neo: Que verdade?
Menino: Que a colher não existe.
Neo: A colher não existe?
Menino: Então verá que não é a colher que se dobra, apenas você.
Para a série Matrix, a "verdade" é que tudo é niilismo e ficamos sem saber quem é o Criador e quem é a criatura.
O cristianismo
Cristo é real (Colossenses 2.17). Não existe faz-de-conta e nem ilusão em Cristo Jesus. Digo mais: a realidade de Cristo é dura, cruenta e exigiu derramamento de sangue na cruz para a remissão dos nossos pecados.
O evangelista João escreveu: Jesus "estava no princípio com Deus. Todas as coisas foram feitas por intermédio dele, e, sem ele, nada do que foi feito se fez. A vida estava nele, e a vida era a luz dos homens" (João 1.2-4).
Analise bem o que está escrito nessa passagem. Jesus não é apenas o Criador de todas as coisas juntamente com Deus Pai, mas especialmente Jesus é VIDA. Pense bem: sem a vida, só resta a morte. O período compreendido entre o nascimento e a morte, que chamamos de existência, pertence ao Senhor Jesus Cristo. O fato de vivermos, o prazer de termos sinais vitais, é fruto do maravilhoso Jesus. Desculpe a redundância, mas a existência só existe porque Jesus existiu primeiro. Afirmar que Jesus é uma razão para viver é minimizar o Seu senhorio, é pouco. Verdadeiramente, Jesus é a razão para viver. Jesus é o único "show da vida"!
Analisemos outra passagem bíblica sobre a soberania e o senhorio de Jesus Cristo: "Este é a imagem do Deus invisível, o primogênito de toda a criação; pois, nele, foram criadas todas as coisas, nos céus e sobre a terra, as visíveis e as invisíveis, sejam tronos, sejam soberanias, quer principados, quer potestades. Tudo foi criado por meio dele e para ele. Ele é antes de todas as coisas. Nele, tudo subsiste. E ele é a cabeça do corpo, da igreja. Ele é o princípio, o primogênito de entre os mortos, para em todas as coisas ter a primazia, porque aprouve a Deus que, nele, residisse toda a plenitude e que, havendo feito a paz pelo sangue da sua cruz, por meio dele, reconciliasse consigo mesmo todas as coisas, quer sobre a terra, quer nos céus" (Colossenses 1.15-20).
Pense bem no que Paulo, inspirado pelo Espírito Santo, está afirmando sobre Jesus Cristo: todas as coisas subsistem por causa de Cristo. Todo o mundo visível e o invisível – ambas as dimensões (a física e a espiritual) existem por causa de Cristo. Os hadrons e quarks subsistem pelo poder dEle. Sem Jesus, todas as coisas cairiam aos pedaços. A vida (o nosso próximo batimento cardíaco e a nossa próxima respiração) está nas mãos do Senhor Jesus Cristo. Jesus é o máximo e detém um poder inigualável. Jesus é o verdadeiro "espetáculo do planeta Terra"!
Queridos leitores, sem Jesus, restam a filosofia pós-moderna, o hinduísmo, o budismo e a trilogia Matrix para nos "consolar" e esse consolo é baseado em uma ilusão.
Conclusão
Quando o indivíduo não conhece o original, o real, o genuíno, o verdadeiro, ele acredita no falso como se fosse o verdadeiro.
Imagine as pessoas que tiveram a oportunidade de conhecer pessoalmente a Michelângelo, viram-no pintando e esculpindo obras maravilhosas que ficariam para a posteridade. Ou, até mesmo, pense naqueles que não tiveram a oportunidade de vê-lo pessoalmente, mas estudaram com afinco seus feitos. Agora, suponha que surja alguém lá no Nepal afirmando que possui a verdadeira escultura de "Davi", de Michelângelo, e que aquela exposta no Museu da Galleria dell’Accademia, em Florença, na Itália, é falsa e não passa de um simulacro.
O que você acha que aconteceria? As pessoas que conhecem bem a escultura verdadeira dificilmente acreditariam na história do "Davi" do Nepal. Pois, uma vez que o indivíduo conhece o real, ele facilmente reconhece que o outro é o falso e o infiel. Porém, se alguém não conhece a única e verdadeira escultura, facilmente será enganado e iludido pela falsa "verdade".
Jesus é assim, a única verdade! Ele disse: "Eu sou a verdade" (João 14.6) e "a verdade que liberta" (João 8.32).
A trilogia Matrix e a filosofia pós-moderna, além de fazerem parceria com religiões orientais, são também como Pilatos. O registro em João 18.37-38, quando Jesus dialogava com Pilatos, diz: "Tu dizes que sou rei. Eu para isso nasci e para isso vim ao mundo, a fim de dar testemunho da verdade. Todo aquele que é da verdade ouve a minha voz". Nesse exato momento, Jesus foi interrompido por Pilatos, que Lhe fez uma pergunta que era mais uma tentativa de alfinetá-lO. Nela, Pilatos torna relativa a verdade exclusiva de Jesus com o seu célebre questionamento: "Perguntou-lhe Pilatos: Que é a verdade?". Na seqüência, ele deu as costas a Jesus e se dirigiu à multidão. Pilatos passou batido pela vida, sem reconhecer Jesus como a única Verdade.
À medida que afrouxamos a doutrina e aceitamos outras verdades além de Jesus Cristo, acabamos caindo no engodo de vãs filosofias humanas. Ficamos à deriva, passando a aceitar e discutir "a minha verdade" e "a sua verdade", e não mais a única Verdade, que é Jesus Cristo. Quando o homem não conhece Jesus, passa a criar outras supostas verdades filosóficas para se adequarem aos seus pontos de vista.
Dar as costas para a Verdade e ouvir o clamor das massas, dos filósofos e formadores de opinião da época, é o que faziam os crentes da pós-modernista cidade de Corinto. Foi em Corinto que Paulo dissertou sobre a excelência da sabedoria divina sobre a sabedoria humana (veja 1 Coríntios 1.18-31). A recomendação paulina aos coríntios continua vívida para a nossa atual cultura pós-moderna: "Porque ninguém pode lançar outro fundamento, além do que foi posto, o qual é Jesus Cristo" (1 Coríntios 3.11). Amém! (Dr. Samuel Fernandes Magalhães Costa - http://www.chamada.com.br)
* Niilismo - Filosofia: Doutrina segundo a qual nada existe de absoluto. Ética: Doutrina segundo a qual não há verdade moral nem hierarquia de valores. Política: Doutrina segunda a qual só será possível o progresso da sociedade após a destruição do que socialmente existe. (Novo Dicionário Aurélio).

        Deixe-me começar esta reflexão, fazendo-lhe 2 perguntas:
        1ª) Você assistiu ao filme Matrix?
        2ª) Você já nasceu de novo?
        O que tem “uma coisa a ver com a outra?”, devem estar perguntando alguns. O filme Matrix, além de ser, atualmente, um dos grandes recordistas de bilheteria, é também um dos mais ovacionados pela “galera” jovem no mundo todo. Milhões se tornaram fãs de Neo (personagem vivido por Keanu Reeves), o “salvador da humanidade”.
        Quanto às questões iniciais desta reflexão, acredito que muitos jovens responderiam sim à primeira pergunta mas, infelizmente, seriam poucos os que sequer saberiam o significado da segunda. O que tem a ver Matrix com o evangelho? A princípio, nada. No entanto, eu gostaria de fazer com que você, que lê este texto, pensasse um pouco na mensagem do filme, em comparação com o que Deus diz.
        Se você ainda não assistiu, está perdendo um ótimo filme de ficção. “Matrix conta a história de Thomas Anderson (Keanu Reeves), um jovem programador de computador que mora em um cubículo escuro, e é atormentado por estranhos pesadelos nos quais encontra-se conectado por cabos e contra sua vontade, em um imenso sistema de computadores do futuro. Em todas essas ocasiões, acorda gritando no exato momento em que os eletrodos estão para penetrar em seu cérebro. À medida que o sonho se repete, Anderson começa a ter dúvidas sobre a realidade. Por meio do encontro com os misteriosos Morpheus (Laurence Fishburne) e Trinity (Carrie-Anne Moss), Thomas descobre que é, assim como outras pessoas, vítima do Matrix, um sistema inteligente e artificial que manipula a mente das pessoas, criando a ilusão de um mundo real enquanto usa os cérebros e corpos dos indivíduos para produzir energia. Morpheus, entretanto, está convencido de que Thomas é Neo, o aguardado messias capaz de enfrentar o Matrix e conduzir as pessoas de volta à realidade e à liberdade”. (1)
        No filme, “a realidade não é tão real quanto parece”.  Os seres humanos vivem em um mundo irreal. O que é verdadeiramente real é o que está por trás do que se vê. Complicado não? Pois é. Mas o que você diria se eu lhe afirmasse que o mundo em que vivemos, conquanto seja real, é menos real do que o mundo que não é visto pelos homens?
       O apóstolo Paulo fala sobre isso, ao escrever para um grupo de crentes que habitavam a cidade grega de Corinto:
        “não atentando nós nas coisas que se vêem, mas sim nas que se não vêem; porque as que se vêem são temporais, enquanto as que se não vêem são eternas”. II Coríntios 4:18.
        Podemos dizer que no filme, as pessoas não sabiam da existência de um mundo paralelo. As máquinas faziam com que a humanidade pensasse que somente o que era “palpável” era real. A grande maioria dos humanos não sabia do mundo das máquinas, pois eles não podiam vê-lo.
        Assim é o mundo espiritual. Paulo estava dizendo (no verso acima) que existe outra vida além da física. Ele estava querendo mostrar àquelas pessoas, e a nós, que não deveríamos nos preocupar só com esta vida. Não deveríamos somente priorizar estudos, trabalho, namoro, casamento, diversão, etc. E, além de nos alertar da existência das “coisas que não vemos”, ele enfatizou que estas são mais importantes do que as que vemos, pois elas duram para sempre, o que não acontece com o mundo material. Afinal sabemos que tudo o que é visível, como nosso corpo, por exemplo, um dia acaba. Por mais que possa parecer loucura, esta é a verdade, segundo a Bíblia, que é a Palavra de Deus. Mas como é este mundo espiritual?
         No filme, houve uma corrupção, que originou aquele estado. As máquinas haviam sido criadas para servir o homem, no entanto elas se rebelaram contra a humanidade e quiseram ser os governantes. As máquinas desejaram tomar o lugar do homem, seu criador.
         Dentro de nossa realidade, o que aconteceu não é diferente. A Bíblia diz que também houve uma corrupção chamada pecado. Só que esta não foi entre as máquinas e o homem, mas sim entre Deus e o homem. Deus criou o homem perfeito:
        “...Deus fez o homem reto, mas os homens buscaram muitos artifícios”. Eclesiastes 7:29   
        Em sua criação, Deus deu ao homem, a capacidade de escolha, ou, o livre arbítrio. Mas, tendo lhe presenteado com tudo o que necessitava, Deus colocou ao homem uma única condição:
         “Ordenou o Senhor Deus ao homem, dizendo: De toda árvore do jardim podes comer livremente;   mas da árvore do conhecimento do bem e do mal, dessa não comerás; porque no dia em que dela comeres, certamente morrerás”. Gênesis 2:16 e 17.   Mas o homem quis ser como Deus, e com isso o desobedeceu:
        “Então, vendo a mulher que aquela árvore era boa para se comer, e agradável aos olhos, e árvore desejável para dar entendimento, tomou do seu fruto, comeu, e deu a seu marido, e ele também comeu”. Gênesis 3:6.
        Naquele momento, homem e mulher pecaram. Com isso, o ser humano morreu espiritualmente. E, desde então, como conseqüência, nosso planeta tem ido de mal a pior:
        “Portanto, assim como por um só homem entrou o pecado no mundo, e pelo pecado a morte, assim também a morte passou a todos os homens, porquanto todos pecaram”.  Romanos  5:12.        Mas o que é pecado? Pecado é desobediência a Deus. Mentira, malícia, fornicação, roubo, maledicência, adultério, assassinato, etc. são alguns exemplos de pecados que cometemos contra Deus. A Bíblia diz que o pecado traz conseqüências. No filme Matrix, as máquinas são punidas por seu erro. Em nossas vidas, nós também o somos. E a punição é grave:
“mas as vossas iniqüidades fazem separação entre vós e o vosso Deus; e os vossos pecados esconderam o seu rosto de vós, de modo que não vos ouça”. Isaías  59:2.        Fomos, por causa da natureza com que nascemos, e dos pecados que cometemos, separados de Deus. E devido a esta separação, a Palavra de Deus afirma que Ele punirá os pecadores:
        “Não sabeis que os injustos não herdarão o reino de Deus? Não vos enganeis: nem os devassos, nem os idólatras, nem os adúlteros, nem os efeminados, nem os sodomitas, nem os ladrões, nem os avarentos, nem os bêbedos, nem os maldizentes, nem os roubadores herdarão o reino de Deus”.  I Coríntios  6:9 e 10.
        “Mas, quanto aos medrosos, e aos incrédulos, e aos abomináveis, e aos homicidas, e aos adúlteros, e aos feiticeiros, e aos idólatras, e a todos os mentirosos, a sua parte será no lago ardente de fogo e enxofre, que é a segunda morte”. Apocalipse  21:8.        Mas há outra semelhança entre o filme e a vida real, que é incrível. Em Matrix, a humanidade estava presa. Não havia como se salvar até o dia em que Neo chegou. Podemos, com isso dizer que Matrix também retrata uma grande realidade da humanidade, pois conosco o mesmo acontece. Não há nada que possamos fazer para mudar este estado de pecado e separação de Deus. A religião, a educação, as boas atitudes, entre outras ações, não podem reverter o nosso quadro de pecado. Ninguém pode fazer nada, a não ser Deus. E o mais maravilhoso de tudo, é que as Sagradas Escrituras dizem que Ele já fez isso, totalmente de graça, através de Seu filho:
         “Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna. Quem crê nele não é julgado; mas quem não crê, já está julgado; porquanto não crê no nome do unigênito Filho de Deus”. João 3:16 e 18.
         A única salvação para a humanidade é Cristo. No filme, Neo representa este papel. Todavia, há sempre aqueles que afirmam não precisar de nenhuma salvação, pois estão bem em seu estilo de vida. Em Matrix, Cypher, um dos companheiros de Neo, toma esta posição, e não o aceita como líder, preferindo continuar vivendo em um mundo de mentira. Na vida real também há aqueles que preferem o prazer do pecado, como a bebedeira, o sexo promíscuo, a ganância, as mentiras, a malícia, entre outros tantos pecados, ao invés de receberem a Cristo. No entanto, isso agrava sua situação.
        “E o julgamento é este: A luz veio ao mundo, mas os homens amaram mais as trevas do que a luz, porque as suas obras eram más”.  João 3:19     
        Em Matrix, Neo representava a luz, mas houve aqueles que preferiram as trevas. Na sua vida, você também precisa optar entre a luz, que é Cristo, e as trevas, que é o pecado. Assim como Neo vence no final, Cristo também vencerá. Um dia, Ele irá voltar para julgar a humanidade.
“os céus e a terra de agora, pela mesma palavra, têm sido guardados para o fogo, sendo reservados para o dia do juízo e da perdição dos homens ímpios. Mas vós, amados, não ignoreis uma coisa: que um dia para o Senhor é como mil anos, e mil anos como um dia. O Senhor não retarda a sua promessa, ainda que alguns a têm por tardia; porém é longânimo para convosco, não querendo que ninguém se perca, senão que todos venham a arrepender-se”. II Pedro 3:7 A 9.
        Diante de tudo isso, em relação à sua vida, qual será a sua decisão? As trevas, ou Cristo?
Lembre-se de uma coisa. Matrix é apenas um filme de ficção. A sua vida n ão. O filme é temporal. Sua alma não.



             
Foi buscar filosofias ao budismo, espiritualismo , ocultismo, filosofia, 1984 de George Orwell, messianismo, mitologia grega e celta entre mais...

Não foi à toa que o lançamento do filme foi na Páscoa ( em 1999).

Morpheus é o nome para o Deus dos sonhos , na mitologia Grega.
Neo é o escolhido, o salvador .
Trinity é a Trindade. Representa a Grande Mãe- Filha e espírito santo.

Porque escolheram o nome Morpheus para o mestre de Neo? Na minha opinião, talvez porque no sonho, a alma pode emancipar-se, a alma pode viajar a outras realidades, saíndo desta realidade.
 Costuma pensar-se que o sonho é uma falsa realidade, no filme eles tentam mostrar o oposto, Neo é que vivia numa realidade ilusória, e Morpheus despertou-o para a realidade.


Reparem no filme, quando os personagens estavam ligados à matrix eles não estavam lá fisicamente, no entanto o corpo físico deles (no mundo real) reagia aos estímulos. Se na matrix eles fossem feridos, no mundo real o corpo físico deles sofria as danificações e feria-se.
De certa forma, o nosso corpo físico também reage aos estímulos do espírito quando ele viaja pela “matrix” do mundo dos sonhos. Se sentimos que vamos a cair, o nosso corpo reage a esse estimulo e dá um solavanco na cama.  Em magia o mesmo ocorre, se sofremos de algum mal espiritual ou ataque astral (ou obsessão espiritual) o nosso corpo físico, a saúde, ressentem-se.

Morpheus levou Neo a conhecer “o Oráculo”, tal como o filósofo Sócrates procurava o oráculo , que lhe dissera que ele era o mais sábio dos homens, ele duvidava, Neo também duvidava inicialmente ser  o “escolhido” .


O Oráculo:

Uma frase ficou-me na memória, a oráculo disse : “ a nossa escolha é a repetição das nossas escolhas “, o que entendi disso foi :
As escolhas que fazemos agora já foram pré-destinadas por nós, mas isso só faz sentido com a reencarnação. Antes de reencarnar conhecemos uma parte do nosso destino, já escolhemos certas provas pelas quais iríamos passar, porém ao nascer esquecemos isso… Mais tarde ao tomar certas escolhas, não temos consciência que já as tomámos antes de reencarnar, mas o nosso destino já tinha sido pré-conhecido por nós, assim faz sentido : “a nossa escolha é a repetição das nossas escolhas “. Antes escolhemos, depois reencarnamos e vamos passar pelas provas que escolhemos, vamos vivê-las.


 Naves :

A Nave de morpheus chamava-se “Nabucodonosor”, nome do Rei Babilónico que tivera um sonho mas não se recordava e vivia procurando uma resposta.
Na nave havia uma inscrição “Mark III nr 11 “, que poderá ser uma alusão ao Evangelho de Marcos 3:11 que diz “E quando os espíritos impuros o viam, jogavam-se gritando :
Tu és o filho de Deus”.

 O nome da nave cujo último vôo serviu para alertar os habitantes de Zion ( nave Osíris ) da iminente invasão das máquinas foi emprestado de uma das principais divindades do panteão egípcio.
Esposo  de Ísis e pai de Hórus, foi Osíris quem ensinou as artes da civilização aos primeiros egípcios. Foi assassinado por seu perverso irmão Seth, que desmembrou seu corpo e espalhou os pedaços por toda a Terra, obrigando Ísis a percorrer o mundo inteiro para reunir os membros de seu marido morto. Depois que seu corpo foi reconstituído, Osíris ressuscitou e passou a reinar sobre o Amenti, o paraíso egípcio situado no Além-Túmulo. A peregrinação de Ísis em busca de Osíris inspirou a criação dos Mistérios de Ísis, uma religião iniciática onde as etapas da jornada da deusa simbolizavam as diferentes fases do processo de iniciação.
Os Mistérios de Ísis foram um dos antecessores que influenciaram o gnosticismo.
Os gnósticos reinterpretaram o mito de Osíris como um símbolo da queda da divindade primordial no mundo ilusório da matéria e de sua posterior libertação.



NEO Buda ou cristo:

Neo é uma inversão de One (o numero um, o escolhido), Neo poderá ser a inversão de EON, Eon é uma era de milhões de anos, segundo o calendário Maia estamos precisamente terminando esta Era e a próxima será a Era da paz, é justamente em busca disso que Neo foi, e ele foi na Logos.
Neo transcendeu a realidade, tal como Buda se libertou de samsara (ciclo de reencarnações, reencarnação) e atingiu o estado de iluminação (Nirvana) ou Moksha (liberdade da alma).
Buda significa algo como “ o desperto” , repare que no filme Morpheus diz a Neo “Acorde Neo”, outra coincidência, Keanu Reeves (actor que faz de Neo) foi o própria Buda no filme “O pequeno buda”.
-Quando Neo parou as bálas e olhou a matrix, isso lembra o caso de Buda quando enfrentando os exércitos de Mara, senhor da ilusão, os dados e sentas enviandos contra ele tornaram-se flores.
Numa cena, a Oráculo examina Neo fisicamente, possivelmente para ver se encontrava alguma marca que evidenciasse ele ser o “escolhido”, no budismo isso também ocorre, procuram marcas na criança que pensam ser o Dalai Lama reencarnado.


Neo também pode ser comparado Cristo , ele é o salvador, ele morre e ressuscita, ele ascende aos céus.
Numa parte do filme o rapaz Choi quando recebe o software pirata que Neo lhe deu (ainda era Thomas Anderson) o choi diz “Você é  o meu salvador, o meu Jesus Cristo pessoal “.
Cristo foi tentado no deserto, Neo também é tentado pelos agentes a trair Morpheus.
Consta que Jesus viveu até aos 33 anos, ressuscitou 3 dias após a sua morte.
Neo regressou à vida, na sala 303 ( 33), após o beijo de Trinity.
Diante de três discípulos, as roupas de Cristo tornaram-se de um branco resplandescente ( Mateus 17:2, Lucas 9:29) , identicamente Neo brilha fisicamente após destruir o agente Smith.

No filme ainda falam do karma, toda a acção tem uma reacção, o karma é um ensinamento do hinduísmo, e posteriormente também desenvolvido pelo recente espiritismo, a lei de causa-e-efeito . Se toda a nossa acção tem uma reacção, isso prova que nem tudo acontece por acontecer, mas sim porque também fazemos as coisas acontecerem, também construímos o destino das situações.
No filme Neo tem vidência (matrix revolutions) ele vê através das coisas, hoje em dia temos psíquicos videntes que fazem isso. Quem consegue ter dupla-vista vê uma aura em redor de tudo, tudo tem uma aura energética, existem hoje alguns exercícios para  desenvolver a vidência, mas ela irá desenvolvendo-se gradualmente ao longo da vida.

Neo voa, nós nos sonhos podemos fazê-lo também, na realidade existiram alguns médiuns que levitaram, foram raros casos, mas existiram.
Ele também consegue agir com a mente sobre a matéria. No 1º filme também podemos observar isso, na casa da oráculo uma criança ensinou Neo a dobrar a colher com a força da mente, essa influência da mente sobre a matéria existe e chama-se psicocinese (alguns paranormais fazem-no ).
No filme 3 (revolutions) ele parecia Cristo, estendido de braços abertos, nota-se que inclusive a luz que saiu dentro dele era em forma de cruz, a luz que ele libertou após lutar interiormente com o seu lado obscuro, destruiu toda a matéria. Isto mostra-nos como podemos lutar contra as nossas trevas interiores, transformando-as em luz, e a luz é espírito e o espírito domina a matéria, vencendo sobre ela.
O plano espiritual domina o material , foi isso que senti ao ver o desfeche do filme.
No plano astral, ou no plano dos sonhos, nós podemos ser um “Neo” nessa matrix (nessa realidade oculta), basta usar o pensamento, ao imaginarmos algo nos sonhos comprovamos que isso se concretiza, o pensamento é criador, pensar é agir no astral.

Neo deu vida a trinity, como um Deus, pois só Deus daria vida...
Uma coisa no 2º filme (reloaded), Neo ressuscitou a trinity , Cristo ressuscitou, no filme talvez tentem fazer uma alusão a isso mas ele ressuscitou quem ama, mas somente na matrix tinha poder para isso, pois no 3º filme trinity morre e Neo não consegue devolver-lhe a vida. Isso indicaria que só na matrix temos poder ? Ou talvez…Só na matrix  não existe a morte, podemos agora reflectir isso tendo em conta a matrix que nos envolve, o plano espiritual , lá não há morte, a morte é somente neste plano físico.


Mensagens ocultas no filme:

Uma coisa no 2º filme (reloaded), Neo ressuscitou a trinity , Cristo ressuscitou, no filme talvez tentem fazer uma alusão a isso mas ele ressuscitou quem ama, mas somente na matrix tinha poder para isso, pois no 3º filme trinity morre e Neo não consegue devolver-lhe a vida. Isso indicaria que só na matrix temos poder ? Ou talvez…Só na matrix  não existe a morte, podemos agora reflectir isso tendo em conta a matrix que nos envolve, o plano espiritual , lá não há morte, a morte é somente neste plano físico.

Reparei ainda que na parte final, no braço da negrinha tinha dois cortes, sangrando, um sobre o outro formavam uma cruz. … Os brincos da oráculo tinham um símbolo, muito pouco legível, mas reparei no “s” que é uma linha que dividia o circulo em duas partes, é o símbolo do hi-ching… O yin e yang, preto e branco, a harmonia dos opostos, yin = feminino, escuro, morte, frio, passivo,, etc e yang = branco, masculino, activo, vida, etc…
O símbolo que falo é este, subtilmente presente nos brincos da oráculo :
  .         yin yang :

Por fim, na discoteca onde eles foram , havia numa parede vários símbolos assim:
  este símbolo não foi feito ao acaso, é a conhecida cruz  celta .
Reconheci-a , é a "conexão entre a Terra e o Céu" ou eixo do mundo; onde o braço vertical da Cruz representa o mundo Celestial e o braço horizontal o mundo material.

O filme (3º) citou ainda outro nome, a nave onde Neo foi á cidade das máquinas acabou por levá-lo à salvação , à paz, correcto? Essa nave tinha o nome Logos, o que é Logos?
Conheço apenas um Logos, um termo ensinado nos assuntos esotéricos da GFB, grande Fraternidade Branca, segundo os  Mestres, temos um Logos planetário, é um Divino pensador, Um ser divino que alimenta um planeta, é o Pai de todas  as entidades que têm o seu campo evolutivo  no planeta, ainda há o Logos do sistema solar, creio que DEUS é o Logos máximo, o Logos universal.
Se evoluirmos espiritualmente, acreditando sempre no nosso potencial interior, iremos tornar-nos num ser mais evoluído, com dons mais desenvolvidos. Penso que o filme nos transmite isso através do Neo . (Keanu reeves).
Acredito que existem muitas realidades espirituais em nosso redor, um mundo invisível por detrás desta  “tela da realidade”, e DEUS é o grande programador destes planos existenciais, Ele é a fonte.
Pois o mundo em que vivemos é dominado pelas guerras, o nosso céu começa a assemelhar-se ao do filme, cheio de nuvens negras poluentes, cidades cada vez mais monstruosas, um mundo cinzento…
Quando nós nos espiritualizamos, ligamo-nos à Fonte (a Deus) e gradualmente iremos desenvolvendo dons espirituais, seremos um “Neo”.
Teremos sempre várias provas, teremos sempre muitas lutas interiores contra o nosso outro “eu”, é assim que vamos alcançando a nossa iluminação.
E gradualmente, todos nós, humanidade, iremos sendo pilares de luz...


Agente Smith ( matrícula do carro )

Quando o agente Smith ( Em Português significa Ferreiro ) chega num Audi no início do filme,  a  matrícula do carro é "IS 5416".
Em Isaias 54:16 lê-se:
"Eis que eu criei o ferreiro,
que sopra as brasas no fogo,
e que produz a ferramenta para a sua obra;
também criei o assolador, para a destruir."


ZION, mundo subterrâneo:

Em Matrix havia uma cidade subterrânea, faz lembrar  o mundo subterrâneo em que se encontrava Hades, o senhor das almas.
Podem também ter-se inspirado em Júlio Verne “Viagem ao centro da terra” ou nas teorias da Terra ôca.


Agentes:

Os agentes que perseguem Neo, fazem lembrar os “Homens de negro”, ou agentes da CIA que perseguem quem é contra o sistema, isto lembra os assuntos de conspiração.
Repare ainda quando capturaram Neo, introduziram nele um chip que se tornou numa espécie de crustáceo electrónico (mais tarde Trinity remove-o com um aparelho), isto lembra-me a ideia que a União Europeia teve de implantar o “verichip” nos cidadãos, medida a ser considerada em breve, “identidade digital do cidadão”, em Espanha já há mais de 50.000 pessoas usando o chip (voluntáriamente, em teste). Veja também no meu outro site a página sobre o implante. www.realidadeoculta.com/implante.html

O agente Smith  interpretava Neo como sendo um virus, pois Neo conhecia a matrix e era contra o sistema, poderia colocá-los em perigo, tinham que “emiminá-lo”, e o mesmo ocorre na nossa sociedade, quem pensar diferente do sistema, quem falar de conspirações e colocar algo em causa, é perseguido. O Governo oculto, os illuminati, não querem pessoas despertas (como Neo), querem pessoas ignorantes, controláveis, entende?


Arquitecto:


Em “Matrix reloaded” podemos ver um velhote de branco, o criador da Matrix, isso parece uma alusão à  Maçonaria, que fala de GADU (Grande Arquitecto do Universo),
E repare: No gnosticismo o arquitecto assemelha-se ao Demiurgo, um deus falso.
Buda al alcançar a liberdade espiritual (Nirvana) estado de iluminação, exclamou “Apanhei-te arquitecto, nunca mais tornarás a construir-me”, ele referia-se ao Ego, criador da falsa realidade em que vivemos.
Nessa cena, Neo estaria fazendo uma viagem interior a seu próprio ego?
Aquele velhote seria uma alusão ao nosso ego, que temos que enfrentar, para sair da realidade ilusória em que vivemos?


Cypher:

Ele é uma alusão a Judas, que traiu Cristo.
Cypher traiu os colegas.
Ele estava cansado de viver na realidade, a comida era péssima, o ambiente, não havia aquele prazer ilusório da matrix, ele queria voltar a viver na matrix, comer aquela comida saborosa (mesmo que ilusória) ter acesso a todos os prazeres, a ilusão era mais saborosa que a realidade, ele queria esquecer tudo e voltar a viver na matrix “ignorância é felicidade” dizia.
Muitas pessoas fazem o mesmo, não querem aceitar certas verdades por serem dolorosas demais, preferem viver felizes na ilusão,mas com menos preocupações.
“Ignorância é felicidade”, ou :  olhos que nao vêm, coração que não sente.
Cypher (fonéticamente parece : cífer) repare na semelhança com o nome Lucifer, ( imagine o nome assim: lucypher).



Key Maker ( fazedor-de-chaves ):


Chaves que abrem portas, podem ser chaves para conhecimento, por exemplo em alguns livros de ocultismo "chaves" são segredos, exemplos : "The keys o fsolomon" ( as chaves de Salomão ) ou "clavículas" de Salomão...
Na simbologia esotérica, as chaves representam a iniciação , a habilidade que o iniciado possui para abrir e  deslocar-se  entre diferentes realidades...
Personagens  como  S. Pedro ( cristianismo)  ou o Janus ( mitologia romana)  são representados como portadores da chave
...
Neo, ao encontrar o Arquitecto com a  ajuda do Chaveiro, é colocado diante da necessidade de escolher entre duas portas..


Persephone:


Na imagem de fundo aparece um "M" será de Maçonaria?

Assim como os Mistérios de Ísis, os Mistérios de Eleusis, na Grécia antiga, também exerceram uma enorme influência no surgimento do gnosticismo.
Dedicados à deusa grega Deméter, os rituais de Eleusis rememoravam `a peregrinação dessa divindade pelo mundo em busca da filha Perséfone, sequestrada por Hades, o Senhor dos Infernos, que a levou para o mundo subterrâneo e tomou-a por esposa.
 Foi da filha de Deméter que a mulher do Merovíngio emprestou o seu nome, o que faz do próprio Merovíngio um equivalente do Hades grego.
O mundo subterrâneo onde se localizava o Hades, por sua vez, remete ao mundo subterrâneo onde se localiza Zion em The Matrix.



Código:

No filme , a matrix é em código, aqueles caractéres japoneses em verde, não sei porque usaram caractéres japoneses, poderiam ter usado no filme um alfabeto desconhecido.
Mas esse conceito de código, pode ser compreendido, repare na própria internet, por trás das páginas web esconde-se um código html, e as próprias imagens são um código binário de 1’s e zeros, o que vemos é  o resultado final desses códigos, o código (o que está por trás) è a matrix.
Nós próprios temos um código ( genético).
No universo, na Natureza, também tudo tem um código invisível, portanto nesse aspecto o filme mostra algo que é verdadeiro.
Mas fica a pergunta, se no Universo tudo tem um código, quem foi o criador desse código? Somos  Programados?
Leia um texto meu a respeito, no site realidade oculta:
www.realidadeoculta.com/programados.html


Déja vu:

No filme também surge uma cena repetida, (déja vu) sensação de já ter visto algo.
Dizem a Neo que isso ocorre quando há uma alteração na Matrix, e então surgem depois agentes...


O futuro: Inteligência artificial:

Não excluo totalmente a hipótese de , um dia, futuramente, as máquinas dominarem o mundo , a ciência tem vindo a criar robots com capacidade de aprendizagem (inteligência artificial) e outras com capacidade de construir mais máquinas, um dia serão auto-suficientes e mais inteligentes que o homem, e vão ter receio do homem, o homem será um “vírus” porque é menos evoluído e poderia colocá-las em perigo, então elas (máquinas) tentarão destruir-nos.
Inteligência artificial não é emotiva, é lógica, portanto calculista e fria.
Aliás Isaac Asimov escreveu um livro de ficção, sobre isso, décadas atrás.
Ou Aldous Huxley em: “Admirável mundo novo”.
Isso já está em desenvolvimento, governos investem milhões nisso. E cada País terá receio que o vizinho tenha uma tecnologia que ele não possui, então todos vão querer ter tecnologia de ponta, máquinas robots de inteligência artificial, é inevitável.
 



Esta conversa abaixo,  foi realizada por chat entre  internautas e os irmãos  Washowski ( realizadores de Matrix ) em 2003,  encontrei na net, a conversa é acerca do 1º Filme:


ThedrickFel:
Do que exactamente é feito o espelho? É a mesma coisa que eles injectam em Morpheus? Porquê prateado?

WachowskiBros:
 O espelho é na verdade um espelho. Quando Neo o vê, ele está vendo uma alucinação, que é resultado directo da pílula que Morpheus lhe dá.
Reflexos são geralmente um tema significativo no filme.
A idéia de mundos dentro de mundos. A idéia do reflexo, dois Neos nos óculos de Morpheus representam as duas vidas que Neo tinha.
Na lente esquerda, nós vemos a pílula azul e Thomas Anderson, e na lente direita, nós vemos a pílula vermelha e Neo.

Jose:
Que tipo de droga a pílula contem?

WachowskiBros:
A pílula é tipo um vírus de computador que interrompe o sinal vital de Neo, para que eles possam apontar a localização do seu corpo na fábrica.

Starr22:
Todos os simbolismos religiosos e doutrinas do filme são intencionais ou não?

WachowskiBros:
A maioria é. Uma das coisas que tentamos fazer com o Neo enquanto gravávamos no “mundo real” era usar lentes longas para separar os humanos do fundo, o oposto de quando gravávamos dentro da Matrix, pois usávamos lentes curtas para colocar os humanos em profundidades espaciais especificas.
 Nós deixamos todas as luzes azuladas no “mundo real” e esverdeadas na Matrix

A cena onde Morpheus e Neo estão discutindo sobre a Terra destruída.

WachowskiBros:
Existem muitas questões sobre a história que Morpheus sugere nesta cena, e nós escrevemos a história com uma grande quantidade de detalhes, e nós esperamos que, se possamos fazer uma serie de animes, tenhamos a chance de contar essa história e a história do primeiro Predestinado.
Alguém nos perguntou sobre a liquefacção dos humanos.
 É assim que eles alimentam as pessoas nos casulos, os mortos são liquefeitos e servem de alimento para as pessoas nos casulos. Reciclagem sempre!

Wrygrass:
Idéias do Budismo influenciaram  no filme?

WachowskiBros:
Sim. Há alguma coisa muito interessante no Budismo e na matemática, particularmente em relação à física quântica, e como esses assuntos se interligam.
 Isso tem-nos fascinado  há muito tempo.

Wesbran:
O titulo “The Matrix” está relacionado com as matrizes mitocondriais das células, que são responsáveis pela respiração celular, fonte de energia para os humanos?

WachowskiBros:
Assim como o filme há muitos jogos de palavra, significados ocultos e ambiguidades. Apesar disso, nos também adoramos a definição matemática do uso da matriz, ou do uso da matriz em termos do útero da mulher.

VirtualMatrix:
Qual é o significado de Neo comer o biscoito da Oráculo?



Linusa:
Vocês acreditam que o  nosso mundo é de alguma forma similar ao mundo de The Matrix, que existe um mundo maior fora de nossa existência?

WachowskiBros:
Esta é uma questão maior do que você imagina.
Nós achamos que o mais importante tipo de ficção é aquele que tenta responder algumas das grandes questões.
 Uma das coisas que nós conversamos quando tivémos a idéia de Matrix era que essa seria uma idéia que a filosofia, a religião e a matemática tentavam responder.
Que é uma reconciliação entre a palavra natural e outra palavra que é percebida pelo nosso intelecto.

Sinclair:
Porque é que eles só podem  conectar-se através de linhas comuns enquanto conseguem  comunicar-se através do  telemóvel ?

WachowskiBros:
Boa pergunta! Nós achamos que a quantidade de informação que está sendo enviada para dentro da Matrix requer uma banda significativa.
Essa banda, nós achamos, era mais bem descrita com as linhas telefónicas comuns do que com telemóveis.
Nós também achávamos que os rebeldes tentavam ser invisíveis quando hackeavam a Matrix, este é o porque de todas as entradas e saídas se encontrarem em áreas desertas e
 de pouco movimento na Matrix.

ZEUS:
Como é que vocês escolheram os nomes dos personagens?

WachowskiBros:
 Foram todos escolhidos com muito cuidado, e todos têm bastantes significados...


Veja as semelhanças entre o «Matrix» e o filme «Inception »

Ps : Há um filme antigo ( de 1999 ) "The Thirteenth Floor " ( 13º Andar) que fala em universos paralelos... No 13º andar de uma empresa, o visionário Douglas Hall e a sua equipe de cientistas criam uma espécie de portal dimensional para um Universo simulado... Após 6 anos de testes ,o seu assistente viaja (com a Mente ) a outras realidades. Apercebem-se que existe outro mundo sobre este, e que somos simulações num tipo de "computador" ... Mais tarde a experiência corre mal...


FONTE:
http://www.livreemcristo.com.br
http://www.vivendonamatrix.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

OLA!.EU SOU MARCIO DE MEDEIROS-PROF.DO SETEF,SEJA BEM VINDO AO NOSSO BLOG.JESUS TE AMA E MORREU POR VOÇÊ!!!.
TEMOS,1 SITE DESTINADO A CULTURA GERAL , OUTRO SITE DESTINADO À ASSUNTO BÍBLICOS E UM OUTRO SITE DESTINADO À ENTRETENIMENTO,TEMOS:JOGOS,FILMES,DESENHOS ETC.USE OS LINKS ABAIXO PARA VISITAREM OS SITES.TEMOS 3 SITES E 1 BLOG.BOM PROVEITO!.

https://sites.google.com/
http://www.prof-marcio-de-medeiros.webnode.com/
http://profmarcio.ucoz.com