CONTADOR DE VISITAS

contador de acessos

Funk Gospel- Novas 2016-2017

FUNK E NOVO SOM

funk gospel e infantil

MX GOSPEL

HINOS JUDAICOS E ROMANTICAS

FUNK GOSPEL- VARIOS

MUSICAS MESSIANICAS

MELODY E VARIAS

VIDEO DO POKEMON

ESTUDO-INFERNO

Jogos para voce

ORIENTE MÉDIO

TURMINHA DA GRAÇA E MIDINHO

OS TRAPALHOES E A PRINCESA XUXA

Os trapalhoes-vol. 2

PRIMEIRO EPISÓDIO DO CHAPOLIN

PRIMEIRO EPISÓDIO DO CHAVES

DE GRAÇA RECEBESTE, DE GRAÇA DAI!!!!.

DE GRAÇAS RECEBESTES,DE GRAÇA DAI-MT10.8

ESTUDO-Jo 3.16

ESTUDO SOBRE ADORAÇÃO

INFANTIL

HINOS JUDAICOS

FUNK GOSPEL E ROMANTICAS 03

JOGO DE PERGUNTAS BÍBLICAS

CLIQUE PARA RESPONDER AS PERGUNTAS Coloque este widget em seu blog

FUTEBOL COM CARROS

JOGO ATIRE NAS GARRAFAS

JOGO DA BALEIA

JOGO DA BALEIA

Jogo pac man

JOGO BASKET

JOGO blast

JOGO MAGNETO

JOGO DE CORRIDA

Corrida Bíblica–o game

JOGO DA VELHA 02

Mais Jogos no Jogalo.com JOGO DA VELHA 02

JOGO BÍBLICO DE PERGUNTAS

Noticias g1

LEITURA EM INGLÊS

LEITURA EM INGLÊS

LEITURA EM INGLÊS 02

LEITURA EM INGLÊS 02

NOVO SOM E DIVERSOS

funk gospel e musica judaica 02

ROMANTICASM JUDAICA E FUNK GOSPEL

RELÓGIO COM MENSAGEM

ROMANTICAS E FUNK GOSPEL

ROMANTICAS E FUNK GOSP. 02

ROMANTICAS GOSPEL

FUNK GOSPEL 25

FUNK GOSPEL 24

FUNK GOSPEL23

FUNK GOSPEL 22

FUNK GOSPEL 21

funk gospel 20

FUNK 19

/>

funk gospel 18

FUNK GOSPEL 16

FUNK GOSPEL 15

FUNK GOSPEL 14

GOSPEL FUNK 17

Prof. Marcio de Medeiros--ESTUDO SOBRE O INFERNO

NOTICIAS DE CONCURSOS

BEM ESTAR -GNT

FILME-A ÚILTIMA BATALHA

BATE PAPO CRISTÃO

Qual é a sua avaliação sobre este blog?

Formulario de autoresposta


Nome:

E-Mail:

Assunto:

Mensagem:


NOVO SOM-ROMANTICAS

FUTEBOL 03

Placares oferecidos por futebol.com

FUTEBOL 04

Tabela futebol Brasileirão Serie A oferecida por Futebol.com

HOMENAGEM AO PROF. MARCIO DE MEDEIROS,FEITA PELOS SEMINARISTAS DO SETEF

HOMENAGEM AO PROF. MARCIO DE MEDEIROS,FEITA PELOS SEMINARISTAS DO SETEF-SEMINARIO TEOLÓGICO FILADÉLFIA-J. BOM PASTOR-BELFORD ROXO-RJ

CAIXA DE CURTI FANPAGE

CUMPRIMENTO AO VISITANTE

link me

Prof Marcio de Medeiros

Por favor coloque este codigo em seu site ou blog e divulgue o nosso blog

NOTÍCIAS RIO

REDECOL NOTICIAS




NOTICIAS

G1 NOTICIAS

G1 NOTICIAS

MENTE MILIONARIA

MENTE MILIONARIA-COMO SER BEM SUCEDIDO FINANCEIRAMENTE
CLIQUE E ASSISTA!!!!

PROP. DA PAGINA NO FACE04

BUSCA DE EMPREGOS

BATIDAO GOSPEL 10

FUNKS DIVERSOS 11

BATIDÃO GOSPEL12

FUNK GOSPEL 13

Batidao 09

BATIDAO 08

BATIDÃO 07

BATIDÃO GOSPEL 06

BATIDÃO GOSPEL 3

BATIDÃO GOSPEL 4

BATIDÃO GOSPEL 07

BATIDÃO GOSPEL

BATIDÃO GOSPEL 2

BATIDAO GOSPEL 05

PROPAGANDA DA PAG. DO FACE

SITE DE ENTRETENIMENTO

UTILITARIOS EM GERAL

CALENDARIO E JESUS

CALENDÁRIO E PAISAGEM

musicas do c.c e da harpa

PROPAGANDA DA PAG. DO FACE 03

BANNER DO SITE DE ENTRETENIMENTO

SITE DE ENTRETENIMENTO

MENSAGEM PARA VOÇÊ 2

SITE DE ENTRETENIMENTO

SITE DE ASSUNTOS BÍBLICOS

SITE DE CULTURA

DESENHO DA CRIAÇÃO E DE NOÉ

DESENHO SOBRE A CRIAÇÃO
CLIQUE NO VÍDEO PARA ASSISTÍ-LO
DESENHO SOBRE A CRIAÇÃO
CLIQUE NO VÍDEO PARA ASSISTÍ-LO
DESENHO SOBRE A ARCA DE NOÉ-CLIQUE E ASSISTA.

DESENHO SOBRE JOSUÉ

DESENHO SOBRE JOSUÉ-CLIQUE PARA ASSISTIR.

DESENHO SOBRE MOISÉS

DESENHO SOBRE MOISÉS-CLIQUE E ASSISTA.

DESENHO-O NASCIMENTO DE JESUS

O NASCIMENTO DE JESUS-CLIQUE PARA ASSSITIR

FILME-INFERNO EM CHAMAS

FILME O INFERNO EM CHAMAS

PROPAGANDA DA PAG. DO FACE 02

DA LINK SA PAG.DO FACE DO BLOG

AULA DE BIBLIOL.SETEF-07/05/13

AULA DE BIBLIOLOGIA-DATA:07/05/13- MINISTRADA DO SEMINARIO SETEF

Pag do facebook 02

segunda-feira, 3 de dezembro de 2012

249-O CRISTÃO COMO SAL E LUZ

O Cristão Como Sal e Luz do Mundo

“Vós sois o sal da terra; e se o sal for insípido, com que se há de salgar? Para nada mais presta senão para se lançar fora, e ser pisado pelos homens. Vós sois a luz do mundo; não se pode esconder uma cidade edificada sobre um monte; Nem se acende a candeia e se coloca debaixo do alqueire, mas no velador, e dá luz a todos que estão na casa. Assim resplandeça a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem a vosso Pai, que está nos céus.” Mateus 5:13-16.
Neste estudo visamos avaliar a influência do cristão no mundo A nossa responsabilidade de conduzir o povo à salvação e conservá-lo na fé.
O sal nos tempos bíblicos era valioso, servia como moeda, devido a sua preciosidade e importância.
CARACTERÍSTICAS DO SAL
1 – Ser preservador
O sal conserva e preserva o alimento. Daí ser relacionado com a pureza porque Deus quer que nós não sejamos tocados pelo Maligno ou o Mundo.
2 – O Sal produz sede
Quando comemos alguma coisa salgada logo vem a sede. O cristão como sal cria sede espiritual nos outros, porque deve existir diferença entre aqueles que invocam o nome de Jesus e daqueles que desprezam. Deus diz que faz distinção do povo dele (Êxodo 8:23; Malaquias 3:18). O Senhor zela pelos seus, portanto, o agir de Deus na vida dos seus filhos traz sede aos que vêem.
Eu me converti porque quem me evangelizou tinha uma vida abençoada e bonita e eu queria aquele Deus. Alguns exemplos de como homens de Deus produziram sede (Atos 2:37). Depois da pregação os discípulos voluntariamente disseram “que faremos...”, só fala-ram isso porque viram na vida de Pedro uma graça que os queria torná-los iguais ao pregador (Atos 16:30; Atos 24:26; Mateus 4:25).
3 – O Sal ajuda a flutuar
Quanto mais salgada for a água, maior flutuação proporcionará aos corpos. No Mar Morto, a massa de água mais salgada do mundo, se ela prestasse para o banho, nenhum banhista ali pereceria afogado, pois, que de tão salgada, a água devolve a superfície o que nela é lançado, de tão densa ela diminui o peso específico dos corpos fazendo-os flutuar. Um corpo afunda mais rápido na água doce do que na água salgada. O sal onde ele estiver causa DIFERENÇA, assim como nós percebemos quando a água é salgada as pessoas quando falarem conosco devem perceber a diferença de linguajar, quando entrarem na nossa casa devem sentir um ar celestial, da mesma forma na igreja, pois aqui se reúnem pessoas diferentes, e esta diferença deve ser percebida, mas isso deve ser ao natural, porque o sal quando age temperando ou conservando ele age INVISIVELMENTE, mas a sua ação é claramente SENTIDA. Quando a gente fala de alguém muitas vezes dizemos que esta pessoa tem graça, ela tem algo a mais.
4 – O Sal também era aplicado nos sacrifícios típicos do Antigo Testamento (Levítico 2:13b; Romanos 12:1)
5 - O Sal insípido
Sem gosto, sem sabor e perde a função.
Coisas que levam o sal a ser insípido (Marcos 9:50).
a) Pouco vento
O sal para atingir o sabor ideal necessita de bastante ventania na época de sua formação. Espiritualmente o cristão sem o vento do Espírito da vida e do poder não subsistirá (Gênesis 2:7; Ezequiel 37:9, 10, 14; João 20:22; Atos 2:2).
Sem buscarmos o Espírito de Deus não teremos sucesso algum em nossas vidas tão pouco conseguiremos fazer a obra de Deus, pois é o Espírito de Deus quem faz através de nós.
O Espírito é o nosso combustível que nos impulsiona e nos dá força, energia, intrepidez para seguir adiante. O Espírito é que dá poder para viver uma vida de santidade, sem o Espírito Santo o homem é incapaz de viver uma vida vitoriosa.
b) Pouca luz
A luz é fundamental para a formação de um bom sal. O efeito químico da luz so-bre a água em tratamento é fundamental na transformação desta em sal (Salmos 27:1; Salmos 43:3; Isaías 2:5; Tiago 1:17 “Pai das Luzes”; Salmos 118:27) o mundo jaz em trevas e a luz de Deus que brilha e indica o caminho, precisamos desta luz que nos aponta o caminho da santidade, da vida vitoriosa, assim como sem fé é impossível agradar a Deus sem luz divina o pe-cador não conseguirá achegar-se ao Senhor, pois o mundo está em trevas.
c) Pouco calor
Sem calor adequado o sal em formação perderá em qualidade e se arruinará. Também uma igreja espiritualmente fria, torna-se inerte, sem sabor, inativa, decadente e incapaz de ser o sal da terra. Em lugar dela influenciar o mundo o mundo é que a irá influenciar.
O sal que se torna insípido, perde três coisas principais conforme Mateus 5:13 perde seu sabor, seu valor e seu lugar Jesus falou que somos a luz do mundo, significa em primeiro lugar que o mundo está em trevas e como ser a luz do mundo e viver segundo o modo de vida e as práticas do mundo, por isso que incomodamos quando vivemos de modo diferenciado, pois as pessoas não querem viver em santidade.
O CRISTÃO COMO LUZ
CARACTERÍSTICAS DA LUZ
1 – A luz não tem preconceito
Ela brilha sobre um criminoso como sobre uma criança inocente. Assim devemos ser nós luz do Evangelho. Devemos levar a todos povos, raças, línguas, idade, sexo e cor.
2 – A luz tem que ser alimentada (v. 15, 16)
A luz que iluminava as casas nos tempos de Jesus era de lamparina, alimentada através de um pavio mergulhado em azeite. O tipo de material da lâmpada variava, mas o combustível era um só - o Azeite. A lâmpada tendo o azeite é este que arde ao luzir. Caso contrário é o pavio que se queima e danifica a lâmpada. O mesmo ocorre com o cristão, nós dependemos do Espírito Santo para difundir a luz de Cristo, a luz do Evangelho; se a pessoa quiser brilhar espiritualmente, isto logo acabará, porque ele se queimará e um pavio seco queima em pouco tempo.
João 5:35 Jesus disse que João era a candeia que ardia. Isto revela que João era um homem que tinha fogo, poder, fervor e luz da parte de Deus.
A sarça de Moisés é o tipo de fogo que só queima impurezas, mas conserva o que é bom. Como no caso dos três companheiros de Daniel lançados na fornalha aquecida sete vezes, o fogo apenas queimou as cordas que os atavam, pois foram lançados amarrados (Daniel 3:21, 23, 24) e depois aparecem desatados.

3 - A Luz não se mistura
Mesmo que ela ilumine um monte de lixo, ou cenas repugnantes, ela prossegue incontaminada na sua missão de iluminar. Assim deve ser o cristão. Viver neste mundo tenebroso a difundir a Luz de Cristo, e não se contaminar com o pecado e as obras infrutuosas das trevas (Lucas 11:33-36 e colocada para todo mundo ver, a nossa vida deve ser transparente. (Paulo dizia “sede meus imitadores como sou de Cristo” I Coríntios 11:1)
4 - A Luz é progressiva
Primeiro veio a luz da lenha, depois luz a óleo, depois a luz a gás, luz elétrica e a luz continua a progredir a medida que a tecnologia avança e a ciência se multiplica (Provérbios 4:18). Assim devemos ser, crescer na comunhão com a Luz que é Cristo mais e mais até sermos perfeitos. Qual é a intensidade da nossa luz perante o mundo? Luz de pleno sol, luz de dia nublado ou a luz igual a de antes do anoitecer, fraca?
5 - A Luz é sanadora
Ela brilha intensamente e sem impedimento, a luz enxuga os brejos, drena a umidade, apressa a cicatrização de ferimentos e é germicida. O ambiente escuro propicia a proliferação de males que afetam a saúde de várias maneiras. A palavra fala de peste que ande na escuridão (Salmos 91:6). O povo de Deus é responsável pela luz que ainda irradia e conserva o mundo e o povo de Deus abençoa este mundo de várias maneiras, não só espiritual, mas também materialmente. Quando o povo de Deus daqui sair este mundo despenca. E se um crente contribuir para piorar as coisas aqui, ele falhou como luz do mundo.
6 - A Luz é misteriosa e sutil
Ninguém pega a luz assim como se paga o sal. A luz se vê mas não se pega. Dos 3 raios que compõem a luz comum, apenas um deles é visível o lumífero, o raio aquecedor e o raio transmissor, são invisíveis, mas reais. Sem qualquer um deles, não existe luz comum. Essa triplicidade da luz aponta para o Deus triúno – seu criador.
7 - A Luz normal é mansa e delicada
Ela tanto brilha sobre um rochedo sólido e inabalável, como sobre uma teia de aranha, tênue e frágil, sem danificá-la. Assim deve ser versátil e sábio crente ao levar a luz de Cristo, do Evangelho da salvação do conhecimento de Deus ao próximo (maleável, se adaptar e falar independente do ambiente e situação).
CONCLUSÃO
Deus relacionou a todos nós ao sal e luz para nos conservar e nos dar direção ao mundo, assim Deus quis assim, devemos agir com sabedoria, demonstrando naturalmente o poder de Deus, a santidade de Deus, o amor de Deus. Para nós é impossível viver assim, mas com a ação do Espírito Santo tudo é possível, pois o que é impossível para nós é possível a Deus. Nós devemos ser diferentes ou somos hipócritas.
Meio termo no Reino de Deus não existe. Quem é morno, nem frio ou quente está a ponto de ser vomitado da boca de Cristo. Deus espera muito de nós, a sua Igreja. Tem que haver diferença entre nós e os do mundo. Só isso vai glorificar a Jesus.
“Então vereis outra vez a diferença entre o justo e o ímpio; entre o que serve a Deus, e o que o não serve.” Malaquias 3:18.
Que Deus nos abençoe e nos torne como sal e luzeiros verdadeiros no meio desta geração incrédula e perversa. Amém!
Deus usa com perfeição na Bíblia Sagrada, várias analogias e simbologias. È uma maneira prática, simples e didática de ensino. Prática e simples, pois eram usados elementos do uso cotidiano, coisas ou objetos de conhecimento pleno. Didático, pois era facilmente memorizado pelo método associativo.

No caso de comparar os discípulos ao Sal e a Luz, constatamos o que foi colocado acima, e passamos a destacar os ensinamentos de Jesus, transmitidos através dessas analogias.

Em relação a Luz destacamos:

1) É o oposto de trevas. Jesus está afirmando que quem é discípulo não tem parte com trevas, pois é o oposto desta.

2) Prevalece sempre contra as trevas. É importante destacar isso, pois alguns cristãos, por acharem que estão com “pouca luz” temem as trevas. Já ouvi afirmações do tipo: “Ah, eu ainda sou tão fraquinho” (como se a nossa força viesse de nós mesmos…), ou ainda, “eu sei tão pouco”. Jesus nos afirma que somos luz, e uma experiência simples para constatarmos o quanto a luz prevalece contra as trevas, nós podemos fazer: Escolha um ambiente bem grande e escuro (uma “grande treva”) e acenda um palito de fósforo (veja que é apenas uma pequenina chama de luz), e logo, onde está aquela luza o ambiente fica claro, ou seja, não há mais trevas. È importante frisar que se tratava apenas de uma pequenina chama de luz.

3) Embora pouco destacado nos sermões, a luz varia a sua intensidade. Ressaltamos que mesmo sendo luz de mais baixa intensidade, não deixa de ser luz, como vimos no tópico anterior, mas, Deus nos quer sendo luz de alta intensidade… Um farol marítimo, que ilumina não só aquele ambiente em que se encontra, mas atinge grandes distâncias. Sua “intensidade” pode ser vista de longe! Ajuda outros a se guiarem! Atrai outros para sua direção!

Em relação ao Sal destacamos:

1) Dá sabor as coisas. Aonde o sal chega, ele “muda o ambiente”.

2) Tem características de dar sede. Assim, como o “sal comum” dá sede de “água comum”, o “sal espiritual” (discípulo) dá sede da “água espiritual” que é Jesus!

3) Tem capacidade de manter saudável o alimento. O sal ao entrar em contato com o alimento evita que este se deteriore. Essa também é uma experiência simples, que qualquer um pode fazer em casa. Pegue dois pedaços de carne, separe-os em dois recipientes, e coloque sal apenas em um. Acompanhe nos dias seguintes a diferença entre eles, e o quanto a ação do sal foi determinante. A experiência não pode demorar muito tempo, pois a carne que está sem a proteção do sal não agüenta muito tempo não!

4) Outra coisa pouco falada sobre o sal, é que não pode ficar estático. Se uma “porção” de sal fica muito tempo parado no mesmo lugar, ele transmite salinidade ao solo e o infertiliza (é só perguntar para os agrônomos sobre isso). Jesus ensina-nos, portanto que não podemos ficar imóveis, ou seja, nos coloca a necessidade do IDE
!


Texto base: Mateus 5:13-16

"Vós sois o sal da terra; ora, se o sal vier a ser insípido, como lhe restaurar o sabor? Para nada mais preta senão para, lançado fora, ser pisado pelos homens. Vós sois a luz do mundo. Não se pode esconder uma cidade situada sobre uma montanha nem se acende uma luz para colocá-la debaixo do alqueire, mas sim para colocá-la sobre o candeeiro, a fim de que brilhe a todos os que estão em casa. Assim, brilhe vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem vosso Pai que está nos céus".    

Jesus  sempre usou em Seus ensinamentos, elementos concretos e conhecidos por todos a fim de ensinar-lhes uma verdade espiritual. Ele usa as figuras do sal e da luz para referir-se aos seus discípulos. Sal e luz são duas coisas que nós conhecemos bem. Todos os dias temos contato com a luz (sol ou das lâmpadas) e também com o sal que especialmente se faz presente nos alimentos que comemos.  Através das metáforas de Sal e de Luz, Jesus revela a enorme força do testemunho e a importante função dos Seus discípulos, especialmente dos pregadores, que é sobretudo preservar e proteger a humanidade contra as influências malignas da corrupção e da maldade (a função do Sal) e ajudar a humanidade a conhecer, através da sua fé e seu bom exemplo iluminadores, o caminho da salvação (a função da Luz). Dessa forma, Jesus enfatiza a nossa responsabilidade de cristão e, nos ensina, que como Seus discípulos, devemos exercer uma influência positiva no mundo em que vivemos. Por isso, Ele nos chama de “sal da terra” e “luz do mundo”.

Vamos analisar a função do cristão como sal da terra:

1- VÓS SOIS O SAL DA TERRA

O sal é branco como o açúcar, parecidos  como são, conheço pessoas que colocaram sal no café pensando ser açúcar, ou açúcar no feijão, pensando que era o sal. Eles são parecidos, mas seus sabores são totalmente diferentes. O sal ou cloreto de sódio, é um ingrediente salgado, que além de dar sabor aos alimentos, serve para CONSERVAR os alimentos perecíveis tais como carnes e peixes, contra a deterioração.  A humanidade não pode passar sem o sal; por isso, este precioso elemento chegou a ser moeda de troca. Os soldados romanos recebiam parte do seu pagamento com sal, donde vem a palavra “Salário”.
O sal tinha um valor era tão alto e era tão valioso que foi usado a nível religioso. Nos atos religiosos dos israelitas era usado como oferta:
- Nos sacrifícios (Lev. 2:13) “E toda a oferta de manjares salgarás com sal; e não deixarás faltar à tua oferta de manjares o sal do concerto do teu Deus; em toda a tua oferta oferecerás o sal”.
- Nos holocaustos (Ez. 43:24) “E os sacerdotes deitarão sal sobre eles e os oferecerão em holocausto ao Senhor”
- Para firmar alianças, especialmente as que se faziam com Deus (Núm. 18:19) “… concerto perpétuo de sal perante o senhor é, para ti e para a tua semente contigo”;
II Cró. 13:5) “Porventura não vos convém saber que o Senhor, Deus de Israel, deu para sempre a David a soberania sobre Israel, a ele e a seus filhos, por um concerto de sal?”
Mas, o sal como elemento químico pode perder seu sabor e se tornar insípido e inútil, ou seja; sem nenhum valor.
Na Bíblia o sal vai muito além de um simples cloreto de sódio. Na Bíblia o Sal significa Elemento Purificador. O cristão que se alimenta da Palavra de Deus deve conservá-la pura no seu coração a fim de não entrar em decomposição e ser alterada com heresias e contaminada pelo pecado.


O perigo do sal se tornar insípido
O sal insípido é o sal que perdeu as suas reais qualidades e o sabor que o deveriam caracterizar. Nestas circunstâncias é jogado fora e é pisado pelos homens (Mat. 5:13).  Há um grande perigo do cristão se tornar insípido. No reino de Deus quando um cristão se torna insípido, o seja, quando perde o sabor, ele se torna uma pessoa comum, apenas um ser terreno sem temor a Deus, sem a presença do Espírito Santo e sem nada que o distinga dos demais. Ele simplesmente se afasta do Senhor, abandona seus cargos, sua posição e começa então a agir como as pessoas do mundo. Isso acontece com os que se deixam corromper pelo pecado. Observe a pergunta de Jesus:  “...com que se há de salgar”? Isto é: como podemos restaurar as suas qualidades e o seu sabor? Olhando pelos olhos carnais não é possível uma restauração, mas no sentido espiritual o cristão que perde o seu sabor e as qualidades de pureza, pode voltar à cruz e ser de novo restaurado, porque o sangue de Jesus lhe confere essa possibilidade, quando confessamos os nossos pecados, Ele é Fiel e Justo para nos perdoar  os pecados e nos purificar de toda injustiça (1 Jo. 1:9)
 O Senhor Jesus aconselha para termos sal em nós mesmos: "Bom é o sal; mas se o sal vier a tornar-se insípido, como lhe restaurar o sabor? Tende sal em vós mesmos e paz uns com os outros" (Mc 9:50).


Como Luz do Mundo, o cristão tem a função de iluminar o caminho da verdade para os que estão em trevas. A luz simboliza a pureza e a revelação divina


Conclusão: Nós, como igreja viva do Senhor,  somos sal neste mundo para o conservá-lo a fim do mundo não se decompor, não se corromper e não apodrecer perdendo-se totalmente. Como luz não pode ficar apagada. Jesus disse; ASSIM BRILHE A LUZ DIANTE DOS HOMENS.....

Fonte:
http://www.filhotesdecristo.xpg.com.br
http://www.sermao.com.br
http://pastoranadia.blogspot.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

OLA!.EU SOU MARCIO DE MEDEIROS-PROF.DO SETEF,SEJA BEM VINDO AO NOSSO BLOG.JESUS TE AMA E MORREU POR VOÇÊ!!!.
TEMOS,1 SITE DESTINADO A CULTURA GERAL , OUTRO SITE DESTINADO À ASSUNTO BÍBLICOS E UM OUTRO SITE DESTINADO À ENTRETENIMENTO,TEMOS:JOGOS,FILMES,DESENHOS ETC.USE OS LINKS ABAIXO PARA VISITAREM OS SITES.TEMOS 3 SITES E 1 BLOG.BOM PROVEITO!.

https://sites.google.com/
http://www.prof-marcio-de-medeiros.webnode.com/
http://profmarcio.ucoz.com