CONTADOR DE VISITAS

contador de acessos

Funk Gospel- Novas 2016-2017

FUNK E NOVO SOM

funk gospel e infantil

MX GOSPEL

HINOS JUDAICOS E ROMANTICAS

FUNK GOSPEL- VARIOS

MUSICAS MESSIANICAS

MELODY E VARIAS

VIDEO DO POKEMON

ESTUDO-INFERNO

Jogos para voce

ORIENTE MÉDIO

TURMINHA DA GRAÇA E MIDINHO

OS TRAPALHOES E A PRINCESA XUXA

Os trapalhoes-vol. 2

PRIMEIRO EPISÓDIO DO CHAPOLIN

PRIMEIRO EPISÓDIO DO CHAVES

DE GRAÇA RECEBESTE, DE GRAÇA DAI!!!!.

DE GRAÇAS RECEBESTES,DE GRAÇA DAI-MT10.8

ESTUDO-Jo 3.16

ESTUDO SOBRE ADORAÇÃO

INFANTIL

HINOS JUDAICOS

FUNK GOSPEL E ROMANTICAS 03

JOGO DE PERGUNTAS BÍBLICAS

CLIQUE PARA RESPONDER AS PERGUNTAS Coloque este widget em seu blog

FUTEBOL COM CARROS

JOGO ATIRE NAS GARRAFAS

JOGO DA BALEIA

JOGO DA BALEIA

Jogo pac man

JOGO BASKET

JOGO blast

JOGO MAGNETO

JOGO DE CORRIDA

Corrida Bíblica–o game

JOGO DA VELHA 02

Mais Jogos no Jogalo.com JOGO DA VELHA 02

JOGO BÍBLICO DE PERGUNTAS

Noticias g1

LEITURA EM INGLÊS

LEITURA EM INGLÊS

LEITURA EM INGLÊS 02

LEITURA EM INGLÊS 02

NOVO SOM E DIVERSOS

funk gospel e musica judaica 02

ROMANTICASM JUDAICA E FUNK GOSPEL

RELÓGIO COM MENSAGEM

ROMANTICAS E FUNK GOSPEL

ROMANTICAS E FUNK GOSP. 02

ROMANTICAS GOSPEL

FUNK GOSPEL 25

FUNK GOSPEL 24

FUNK GOSPEL23

FUNK GOSPEL 22

FUNK GOSPEL 21

funk gospel 20

FUNK 19

/>

funk gospel 18

FUNK GOSPEL 16

FUNK GOSPEL 15

FUNK GOSPEL 14

GOSPEL FUNK 17

Prof. Marcio de Medeiros--ESTUDO SOBRE O INFERNO

NOTICIAS DE CONCURSOS

BEM ESTAR -GNT

FILME-A ÚILTIMA BATALHA

BATE PAPO CRISTÃO

Qual é a sua avaliação sobre este blog?

Formulario de autoresposta


Nome:

E-Mail:

Assunto:

Mensagem:


NOVO SOM-ROMANTICAS

FUTEBOL 03

Placares oferecidos por futebol.com

FUTEBOL 04

Tabela futebol Brasileirão Serie A oferecida por Futebol.com

HOMENAGEM AO PROF. MARCIO DE MEDEIROS,FEITA PELOS SEMINARISTAS DO SETEF

HOMENAGEM AO PROF. MARCIO DE MEDEIROS,FEITA PELOS SEMINARISTAS DO SETEF-SEMINARIO TEOLÓGICO FILADÉLFIA-J. BOM PASTOR-BELFORD ROXO-RJ

CAIXA DE CURTI FANPAGE

CUMPRIMENTO AO VISITANTE

link me

Prof Marcio de Medeiros

Por favor coloque este codigo em seu site ou blog e divulgue o nosso blog

NOTÍCIAS RIO

REDECOL NOTICIAS




NOTICIAS

G1 NOTICIAS

G1 NOTICIAS

MENTE MILIONARIA

MENTE MILIONARIA-COMO SER BEM SUCEDIDO FINANCEIRAMENTE
CLIQUE E ASSISTA!!!!

PROP. DA PAGINA NO FACE04

BUSCA DE EMPREGOS

BATIDAO GOSPEL 10

FUNKS DIVERSOS 11

BATIDÃO GOSPEL12

FUNK GOSPEL 13

Batidao 09

BATIDAO 08

BATIDÃO 07

BATIDÃO GOSPEL 06

BATIDÃO GOSPEL 3

BATIDÃO GOSPEL 4

BATIDÃO GOSPEL 07

BATIDÃO GOSPEL

BATIDÃO GOSPEL 2

BATIDAO GOSPEL 05

PROPAGANDA DA PAG. DO FACE

SITE DE ENTRETENIMENTO

UTILITARIOS EM GERAL

CALENDARIO E JESUS

CALENDÁRIO E PAISAGEM

musicas do c.c e da harpa

PROPAGANDA DA PAG. DO FACE 03

BANNER DO SITE DE ENTRETENIMENTO

SITE DE ENTRETENIMENTO

MENSAGEM PARA VOÇÊ 2

SITE DE ENTRETENIMENTO

SITE DE ASSUNTOS BÍBLICOS

SITE DE CULTURA

DESENHO DA CRIAÇÃO E DE NOÉ

DESENHO SOBRE A CRIAÇÃO
CLIQUE NO VÍDEO PARA ASSISTÍ-LO
DESENHO SOBRE A CRIAÇÃO
CLIQUE NO VÍDEO PARA ASSISTÍ-LO
DESENHO SOBRE A ARCA DE NOÉ-CLIQUE E ASSISTA.

DESENHO SOBRE JOSUÉ

DESENHO SOBRE JOSUÉ-CLIQUE PARA ASSISTIR.

DESENHO SOBRE MOISÉS

DESENHO SOBRE MOISÉS-CLIQUE E ASSISTA.

DESENHO-O NASCIMENTO DE JESUS

O NASCIMENTO DE JESUS-CLIQUE PARA ASSSITIR

FILME-INFERNO EM CHAMAS

FILME O INFERNO EM CHAMAS

PROPAGANDA DA PAG. DO FACE 02

DA LINK SA PAG.DO FACE DO BLOG

AULA DE BIBLIOL.SETEF-07/05/13

AULA DE BIBLIOLOGIA-DATA:07/05/13- MINISTRADA DO SEMINARIO SETEF

Pag do facebook 02

terça-feira, 4 de dezembro de 2012

262-A SEMEADURA CRISTÃ

Espalhe o artigo por aiDiscipulando da semeadura até a colheita

-Tema: DISCIPULADO
“A terra por si mesma frutifica: primeiro a erva, depois, a espiga, 
e, por fim, o grão cheio na espiga” Marcos 4.28
-INTRODUÇÃO: Você se lembra daquela experiência de plantar o feijão no algodão quando estávamos no primário? A expectativa era grande para ver o feijão brotar! Observávamos cada etapa do crescimento como algo extraordinário. Este é o milagre da vida.
Jesus comparou a vida cristã muitas vezes com o trabalho no campo. A semente é Palavra de Deus e nós somos os semeadores. Mas como podemos ser a semente e o semeador ao mesmo tempo? Tudo começa com uma semente que brota, cresce e depois de seu próprio fruto, outras sementes são plantadas. Primeiro somos semeados e depois de frutificar podemos espalhar nossas sementes cumprindo o papel do semeador.
Um grande perigo para o cristão é não entender este processo em sua vida. Ninguém nasce pronto. É preciso crescer. Para crescer espiritualmente é necessária vontade de progredir na vida cristã até dar frutos.
O Senhor Jesus deixou bem claro este processo ao dizer que “A terra por si mesma frutifica: primeiro a erva, depois, a espiga, e, por fim, o grão cheio na espiga”. O crescimento não acontece de uma vez, mas sem que o semeador perceba (v. 27) o processo acontece.
Você tem dado frutos espirituais?
Vamos refletir sobre este processo do crescimento espiritual da semeadura até a colheita:



 1- SEMEAR: “A terra por si mesma frutifica”
Quando o terreno está bom para o plantio, a terra produz naturalmente. A parábola do semeador nos dá exemplos de terrenos pedregosos, espinhosos, duros e de uma terra fértil. A boa semente da Palavra de Deus brota com sucesso no coração que está como terra fértil.
Muitas pessoas dizem que já conhecem a Palavra de Deus. Já ouviram a verdade do Evangelho. A semente da palavra já foi semeada em seus corações. Mas será que ela brotou? Quantas destas pessoas apresentam desculpas para isso revelando que há pedras, espinhos ou um solo duro de quem ficou à beira do caminho.
Mesmo assim a tarefa do semeador descrita por Jesus não é escolher onde jogar a semente. Deve semear por todo lado. Deus é quem vê cada coração e fará germinar a semente.
A semente da palavra de Deus tem sido semeada em seu coração?
Deixe brotar a Palavra do Senhor em sua vida!

2- CRESCER: “primeiro a erva”
Quando a semente eclode seu primeiro caule, manifesta-se o milagre da vida. De dentro daquele grão abaixo da terra, sem que ninguém veja, o broto sobe rasgando a terra em busca de luz.
As condições climáticas e do solo são determinantes para que a planta cresça. Além de um terreno apropriado, precisa de água e muita luz.
Na vida cristã, o crescimento espiritual é algo tão fascinante quanto a natureza mostra. O novo convertido precisa, além de um terreno fértil em seu coração, de um clima de luz e umidade. A luz, sabemos ser o testemunho da Igreja (Mateus 5.14) e a água representa a intimidade com Jesus que nos sacia com água da Vida (João 4.14). Neste clima de espiritualidade, o novo convertido consegue crescer a cada dia.
Você tem crescido espiritualmente?
Receba da água da Vida que é Jesus e deixe a luz brilhar em seu coração!

3- DESENVOLVER: “depois, a espiga”
Quando a espiga começa a aparecer significa que a planta está se desenvolvendo satisfatoriamente. Interessante que Jesus definiu que este desenvolvimento só vem ‘depois’ que houve a semeadura e o crescimento da planta. Uma planta saudável deve ter o mesmo tanto de raízes no subsolo que folhagens externas.
O crescimento vertical é importante, mas se a planta apenas crescer sem criar corpo para se sustentar, estará fragilizada podendo ser derrubada pelo vento ou chuva, de modo que poderia perder todo o trabalho de até então.
Mesmo o crescimento espiritual é necessário que o cristão se desenvolva. Crescer é muito bom porque todos vêm, mas o desenvolvimento é interno. A vida cristã precisa ser fortalecida a cada dia. As experiências do dia a dia, somadas à vida de oração e estudo da Palavra são ferramentas para fortalecer a espiritualidade.
Você tem se desenvolvido em sua vida cristã?
Alimente-se espiritualmente para seu desenvolvimento na fé!

4- FLORESCER: o pendão
Toda planta floresce antes de dar fruto. A quantidade de flores determinará a colheita. O pendão onde nasce a flor é o mesmo que brota o fruto. As flores recebem ajuda de abelhas, morcegos e beija-flores bem como outros pássaros que têm a missão de polinizar a flor para que o fruto vingue. Embora a beleza do florescer seja passageira, permanece inesquecível na memória de quem presencia.
O florescer da vida cristã não é o início da caminhada, mas quando o crente está amadurecendo espiritualmente e começa a dar indícios de frutos. Os dons espirituais são como as flores que embelezam a fé. Com o passar do tempo o cristão começa a sentir-se capacitado para ministrar, pregar, testemunhar e exercer seus dons na obra de Deus.
O tempo de florescer é cheio de alegria que enfeita a vida espiritual. A pessoa não vê mais as dificuldades, e sim as possibilidades de milagres. A oração se torna algo quase natural e o entendimento das Escrituras se revela aos olhos. Difícil é fechar os lábios que não se aguentam de tanta vontade de cantar e pregar a Palavra de Deus.
Já não é mais por um problema qualquer que pode despetalar esse vigor. A pessoa que já floresceu alcançou maturidade somada à expectativa de frutificar assim que possível. Suas emoções se tornam mais estáveis para manter-se animado e não se deixa abater por qualquer coisa.
Sua vida espiritual já floresceu?
Deus quer te conceder dons espirituais e te dar uma alegria duradoura!

5- FRUTIFICAR: “por fim, o grão cheio na espiga”
Na ordem lógica apresentada por Jesus, o tempo de frutificar vem ‘por último’. Isso significa que precisamos esperar. Há um tempo para tudo, para plantar e para colher (Eclesiastes 3.2). Até chegar este tempo de colher, certamente muitas lágrimas foram necessárias (Salmos 126.5). Mas vale a pena esperar.
A partir do fruto colhido, sementes são extraídas e lançadas no solo para do mesmo modo crescer, desenvolver, florescer e novamente frutificar.
Os frutos são a recompensa de tanto trabalho e dedicação. Existem plantas que dão fruto com maior frequência, outras apenas uma vez ao ano. O agricultor sabe o tempo certo de cada fruto e espera atenciosamente para no momento exato, colher.
Os frutos da vida cristã são os resultados do discipulado. A pessoa começa a evangelizar, testemunhar. Através de seu testemunho, pessoas aceitam a Jesus, seguem a mesma jornada cristã.
Você já está dando frutos em sua vida cristã?
Prepare-se para dar frutos discipulando vidas!
Você pode ter uma vida cristã frutífera!
-CONCLUSÃO:
Provavelmente Jesus comparou a Obra de Deus com o serviço do campo não somente para ilustrar com algo que fosse inteligível para o povo, mas porque nenhum outro trabalho exige tanta dedicação, paciência e dependência de Deus para obter resultados como o de semear, cuidar e colher.
Assim também é o discipulado. Você é semeado, brota, cresce, se desenvolve, floresce e depois frutifica. Cada etapa é importante e não pode ser ignorada. Se crescer sem desenvolver, poderá não dar frutos. Uma fase depende consequentemente da outra.
Como é triste ver uma lavoura abandonada e condenada a não dar frutos. Isso tem acontecido com muitas pessoas que são semeadas na Palavra de Deus, mas não são cuidadas para desenvolver e florescer até frutificar.
Bem aventurado é aquele que compreende este processo do discipulado. Se não houver este entendimento o resultado será frustração. Cada pessoa deve se enxergar neste processo e reconhecer em que ponto está vivendo para continuar prosseguindo.
Reflita nestas perguntas para descobrir em qual etapa você está no discipulado:
 Você já foi semeado suficientemente?
Já está no processo do crescimento?
Sente o desenvolvimento em sua vida cristã?
Já floresceu os dons e alegria permanente em sua espiritualidade?
Você tem frutos de vidas evangelizadas e discipuladas através de seu testemunho?
Desenvolva-se no discipulado a cada uma destas etapas e prossiga sua vida espiritual a partir de onde está até frutificar!

A Lei da Semeadura

     "Dai, e ser-vos-á dado; boa medida, recalcada, sacudida e transbordando vos darão; porque com a mesma medida com que medirdes também vos medirão de novo" (Lc 6.38).
     Gálatas 6.2-10
     "2 - Levai as cargas uns dos outros e assim cumprires a lei de Cristo.
     3 - Porque, se alguém cuida ser alguma coisa, não sendo nada, engana-se a si mesmo.
     4 - Mas prove cada um a sua própria obra e terá glória só em si mesmo e não 
noutro.
     5 - Porque cada qual levará a sua própria carga.
     6 - E o que é instruído na palavra reparta de todos os seus bens com aquele que o instrui.
     7 - Não erreis: Deus não se deixa escarnecer; porque tudo o que o homem semear, isso também ceifará.
     8 - Porque o que semeia na sua carne, da carne ceifará a corrupção; mas o que semeia no Espírito do Espírito ceifará a vida eterna.
     9 - E não nos cansemos de fazer o bem, porque a seu tempo ceifaremos, se não houvermos desfalecidos.
     10 - Então, enquanto temos tempo, façamos bem a todos, mas principalmente aos domésticos da fé.

     Nos cinco primeiros versículos desse capítulo temos o ensino do relacionamentocristão, resultado de uma vida cristã abundante no Espírito. Inicialmente o apóstolo escreveu para corrigir erros doutrinários, agora para corrigir erros de comportamento. Aqui o assunto é a lei agrária da semeadura e colheita. Partindo da lição prática da agricultura ele penetra nos meandros das coisas espirituais, envolvendo Igreja, ministério e o crente individualmente.
     A Igreja e seus mestres
     1. Características das igrejas do primeiro século. Um estudo nos primeiros capítulo do livro de Atos mostra o surgimento da Igreja e a vida cristã na prática daqueles primeiros cristãos. A Igreja era uma instituição solidária. Parece que um cristão com muitos bens não suportava ver os outros passando necessidades. Muitas características da igreja-mãe, de Jerusalém, passaram para as outras igrejas, espalhadas pelo mundo da época.
     2. "Reparta de todos os seus bens" (v.6) A palavra "repartir", aqui, é koinoneo, de onde vem o termo koinonia, "comunhão". Os "bens" podem ser tanto materiais como espirituais (Mt 12.34,35; Rm 15.27). Este é o preceito bíblico para a Igreja, em relação aos obreiros que dela cuidam, inclusive ensinando, como vemos neste versículo.
     3. "Aquele que o instrui" (v. 6). Aqui o apóstolo está falando do ensino religioso, pois a expressão "o que é instruído... "é ho katechoumenos, de onde vem a palavra "catecúmenos" que hoje designa aqueles que estão sendo preparados para o batismo em águas. O fato de o apóstolo ensinar que cada um deve levar a sua carga (v.5) não exime as pessoas que estão sendo ensinadas, de suas responsabilidades com seus mestres. Isso mostra que já havia nas igrejas daquele época mestres de tempo integral, que eram mantidos por elas. O princípio é o mesmo para o pastor da igreja. As seitas e os incrédulos criticam os pastores por serem mantidos pelas igrejas, mas este é o padrão bíblico (Lc 10.7; 1 Co 9.11; 1 Tm 5.17,18).
     II. DE DEUS NÃO SE ZOMBA
     1. "Não erreis" (v.7a). O melhor sentido de "não erreis" é "não vos enganeis". Os romanos diziam que o gato não brinca, mas treina; assim agem as pessoas que não levam Deus a sério. Portanto, ninguém deve se enganar, cada um pagará aqui mesmo pelos seus atos. Se você pensa que Deus não está preocupado com essas coisas, está dizendo que a Bíblia não é a verdade. Se você aponta para algumas pessoas aparentemente bem-sucedidas em suas trapaças, saiba que a história ainda não terminou: "Melhor é o fim das coisas do que o princípio delas" (Ec 7.8).
     2. "Deus não se deixar escarnecer" (v. 7b). Convém deixar claro que "escarnecer", aqui, não é simplesmente uma zombaria no sentido da chacota, pois isso o incrédulo faz em relação a Deus (P. 1.30) O verbo grego mukterizo, que vem de mykter "nariz", significa "virar o nariz para cima, isto é, tratar com desprezo". É impossível alguém enganar a Deus, subestimando-o, Tais pessoas porque pensam que manipulam o povo, acham que da mesma maneira podem manipular a Deus.
     3. "O que o homem semear isso também ceifará" (v.7c). Existe uma lei natural da semeadura e colheita. Jesus certa vez perguntou: "Colhem-se uvas dos espinheiros ou figos dos abrolhos?" Depois afirma que "toda árvore boa produz bons frutos, e toda árvore má produz frutos maus".
     III. O TERRENO DA SEMEADURA
      1. O terreno da carne. Estudamos na lição passada que a palavra "carne" tem muitos significados no Novo Testamento. O sentido dela aqui é a natureza humana decaída, com todas as suas paixões - as obras da carne (Gl 5.19-21). Mesmo nascidos de novo temos ainda resquícios dessa natureza pecaminosa que deve ser subjugada pelo Espírito Santo. Os pensamentos e ações são sementes que semeamos no terreno de nossa vida. Cultivar os maus pensamentos, ou amadurecer idéias pecaminosas é o mesmo que semar na carne os resultados são nefandos. Essa coisas ruins devem ser crucificadas (Gl. 5.24). Tais pessoas não podem mesmo colher vitórias espirituais: santidade, vida cristã abundante, crescimento espiritual, autoridade do Espírito para testificar de Jesus", pois os que semeiam na carne "ceifará corrupção" (v.8).
     2. O terreno do Espírito. O mesmo princípio de os pensamentos e atos serem a semente, se aplica também aqui. Quando buscamos ao Senhor exercitando os nossos sentidos no Espírito, pensando e agindo sob sua orientação, estamos semeando no Espírito. Como resultado produzimos as virtudes cristãs (Gl. 5.22), pois vivemos em Cristo e os que estão nEle "não andam segundo a carne, mas segundo o Espírito" (Rm 8.1,4). Não temos mais compromissos com o mundo, pois agora vivemos para Cristo (Cl 3.3-5). Semeaduras diferentes e em terrenos diferentes produzem frutos diferentes. O Espírito Santo produz vida (Rm 8.6; Gl 5.16,25). Portanto, quem "semeia no Espírito do Espírito ceifará a vida eterna" (v. 8)
     IV. O DEVER DOS CRENTES
     1. A prática do bem (v.9). O princípio da semeadura continua, mas agora na área do serviço social. O apóstolo nos incentiva e nos estimula a fazer o bem. O assunto diz respeito a todos os aspectos da vida, como a ajuda aos necessitados, a hospitalidade, a assistência aos presos e maltratados (Hb 13.1-3) - o serviço social. Essa prática do bem deve ser ministrada a qualquer pessoa sem distinção de raça, cor, religião, "mas principalmente aos domésticos da fé" (v.10).
     2. A esmola. O cristão generoso está sempre disposto a compartilhar o que tem para ajudar os necessitados. É o próprio da cultura judáica, desde os tempos do Antigo Testamento a prática de dar esmolas; isso sempre foi visto com muito respeito e seriedade. No capítulo 6 de Mateus, Jesus disse: "quando, pois, deres esmola... quando orares... e, quando jejuardes" (vv. 2,5,18). Colocar tal prática juntamente com a oração e o jejum mostra que dar esmola é muito importante. Além disso, os três "quando" mostram ser isso um hábito.
     3. A colheita. Deus abençoa, tanto no sentimento espiritual como no material aos que ajudam os necessitados. Ele aumenta os bens materiais para que também melhorem as condições para ajudar aos necessitados. Quem dá ao pobre empresta a DEus (Pv 19.17). Quem ajuda ao necessitado Deus o abençoa (2 Co 9.8-12). Temos a promessa de Deus de uma boa colheita - salário abençoado. Por isso que Jesus disse que é melhor dar do que receber (At 20.35). Jesus assegurou que quem ajuda ao necessitado de maneira nenhuma perderá o seu galardão (Mt 10.42). A Bíblia diz que o "que retém o trigo, o povo o amaldiçoa" (Pv 11.26).
     Conclusão
     Nunca devemos perder de vista que a vida de liberdade cristã deve ser uma vida generosa, cheia de liberalidade. A fé cristã está fundamentada nos dois princípios  do grande mandamento: "Amarás, pois, o Senhor, teu Deus, de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu entendimento, e de todas as tuas forças; este é o primeiro mandamento. E o segundo semelhante a este, é: Amarás a teu próximo como a ti mesmo" (Mc 12.30,31).


FONTE:
http://www.esbocosermao.com
http://www.unidosnafe.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

OLA!.EU SOU MARCIO DE MEDEIROS-PROF.DO SETEF,SEJA BEM VINDO AO NOSSO BLOG.JESUS TE AMA E MORREU POR VOÇÊ!!!.
TEMOS,1 SITE DESTINADO A CULTURA GERAL , OUTRO SITE DESTINADO À ASSUNTO BÍBLICOS E UM OUTRO SITE DESTINADO À ENTRETENIMENTO,TEMOS:JOGOS,FILMES,DESENHOS ETC.USE OS LINKS ABAIXO PARA VISITAREM OS SITES.TEMOS 3 SITES E 1 BLOG.BOM PROVEITO!.

https://sites.google.com/
http://www.prof-marcio-de-medeiros.webnode.com/
http://profmarcio.ucoz.com