CONTADOR DE VISITAS

contador de acessos

Funk Gospel- Novas 2016-2017

FUNK E NOVO SOM

funk gospel e infantil

MX GOSPEL

HINOS JUDAICOS E ROMANTICAS

FUNK GOSPEL- VARIOS

MUSICAS MESSIANICAS

MELODY E VARIAS

VIDEO DO POKEMON

ESTUDO-INFERNO

Jogos para voce

ORIENTE MÉDIO

TURMINHA DA GRAÇA E MIDINHO

OS TRAPALHOES E A PRINCESA XUXA

Os trapalhoes-vol. 2

PRIMEIRO EPISÓDIO DO CHAPOLIN

PRIMEIRO EPISÓDIO DO CHAVES

DE GRAÇA RECEBESTE, DE GRAÇA DAI!!!!.

DE GRAÇAS RECEBESTES,DE GRAÇA DAI-MT10.8

ESTUDO-Jo 3.16

ESTUDO SOBRE ADORAÇÃO

INFANTIL

HINOS JUDAICOS

FUNK GOSPEL E ROMANTICAS 03

JOGO DE PERGUNTAS BÍBLICAS

CLIQUE PARA RESPONDER AS PERGUNTAS Coloque este widget em seu blog

FUTEBOL COM CARROS

JOGO ATIRE NAS GARRAFAS

JOGO DA BALEIA

JOGO DA BALEIA

Jogo pac man

JOGO BASKET

JOGO blast

JOGO MAGNETO

JOGO DE CORRIDA

Corrida Bíblica–o game

JOGO DA VELHA 02

Mais Jogos no Jogalo.com JOGO DA VELHA 02

JOGO BÍBLICO DE PERGUNTAS

Noticias g1

LEITURA EM INGLÊS

LEITURA EM INGLÊS

LEITURA EM INGLÊS 02

LEITURA EM INGLÊS 02

NOVO SOM E DIVERSOS

funk gospel e musica judaica 02

ROMANTICASM JUDAICA E FUNK GOSPEL

RELÓGIO COM MENSAGEM

ROMANTICAS E FUNK GOSPEL

ROMANTICAS E FUNK GOSP. 02

ROMANTICAS GOSPEL

FUNK GOSPEL 25

FUNK GOSPEL 24

FUNK GOSPEL23

FUNK GOSPEL 22

FUNK GOSPEL 21

funk gospel 20

FUNK 19

/>

funk gospel 18

FUNK GOSPEL 16

FUNK GOSPEL 15

FUNK GOSPEL 14

GOSPEL FUNK 17

Prof. Marcio de Medeiros--ESTUDO SOBRE O INFERNO

NOTICIAS DE CONCURSOS

BEM ESTAR -GNT

FILME-A ÚILTIMA BATALHA

BATE PAPO CRISTÃO

Qual é a sua avaliação sobre este blog?

Formulario de autoresposta


Nome:

E-Mail:

Assunto:

Mensagem:


NOVO SOM-ROMANTICAS

FUTEBOL 03

Placares oferecidos por futebol.com

FUTEBOL 04

Tabela futebol Brasileirão Serie A oferecida por Futebol.com

HOMENAGEM AO PROF. MARCIO DE MEDEIROS,FEITA PELOS SEMINARISTAS DO SETEF

HOMENAGEM AO PROF. MARCIO DE MEDEIROS,FEITA PELOS SEMINARISTAS DO SETEF-SEMINARIO TEOLÓGICO FILADÉLFIA-J. BOM PASTOR-BELFORD ROXO-RJ

CAIXA DE CURTI FANPAGE

CUMPRIMENTO AO VISITANTE

link me

Prof Marcio de Medeiros

Por favor coloque este codigo em seu site ou blog e divulgue o nosso blog

NOTÍCIAS RIO

REDECOL NOTICIAS




NOTICIAS

G1 NOTICIAS

G1 NOTICIAS

MENTE MILIONARIA

MENTE MILIONARIA-COMO SER BEM SUCEDIDO FINANCEIRAMENTE
CLIQUE E ASSISTA!!!!

PROP. DA PAGINA NO FACE04

BUSCA DE EMPREGOS

BATIDAO GOSPEL 10

FUNKS DIVERSOS 11

BATIDÃO GOSPEL12

FUNK GOSPEL 13

Batidao 09

BATIDAO 08

BATIDÃO 07

BATIDÃO GOSPEL 06

BATIDÃO GOSPEL 3

BATIDÃO GOSPEL 4

BATIDÃO GOSPEL 07

BATIDÃO GOSPEL

BATIDÃO GOSPEL 2

BATIDAO GOSPEL 05

PROPAGANDA DA PAG. DO FACE

SITE DE ENTRETENIMENTO

UTILITARIOS EM GERAL

CALENDARIO E JESUS

CALENDÁRIO E PAISAGEM

musicas do c.c e da harpa

PROPAGANDA DA PAG. DO FACE 03

BANNER DO SITE DE ENTRETENIMENTO

SITE DE ENTRETENIMENTO

MENSAGEM PARA VOÇÊ 2

SITE DE ENTRETENIMENTO

SITE DE ASSUNTOS BÍBLICOS

SITE DE CULTURA

DESENHO DA CRIAÇÃO E DE NOÉ

DESENHO SOBRE A CRIAÇÃO
CLIQUE NO VÍDEO PARA ASSISTÍ-LO
DESENHO SOBRE A CRIAÇÃO
CLIQUE NO VÍDEO PARA ASSISTÍ-LO
DESENHO SOBRE A ARCA DE NOÉ-CLIQUE E ASSISTA.

DESENHO SOBRE JOSUÉ

DESENHO SOBRE JOSUÉ-CLIQUE PARA ASSISTIR.

DESENHO SOBRE MOISÉS

DESENHO SOBRE MOISÉS-CLIQUE E ASSISTA.

DESENHO-O NASCIMENTO DE JESUS

O NASCIMENTO DE JESUS-CLIQUE PARA ASSSITIR

FILME-INFERNO EM CHAMAS

FILME O INFERNO EM CHAMAS

PROPAGANDA DA PAG. DO FACE 02

DA LINK SA PAG.DO FACE DO BLOG

AULA DE BIBLIOL.SETEF-07/05/13

AULA DE BIBLIOLOGIA-DATA:07/05/13- MINISTRADA DO SEMINARIO SETEF

Pag do facebook 02

sexta-feira, 5 de setembro de 2014

669-EUCARISTIA, FATOS POR TRÁS DESTE RITUAL!.

Eucaristia Os fatos por trás do ritual
[eucaristia2%255B2%255D.jpg]



O significado etimológico do termo eucaristia é gratidão, agradecimento, acção de graças, como em Actos 24:3, quando Paulo se dirige ao governador Félix e lhe diz: «... com toda a eucaristia o queremos reconhecer », e quando o mesmo Paulo exorta os cristãos de Colossos: «...perseverai em oração, velando nela com eucaristia». Colossenses 4:2
A eucaristia está relacionada com a Ceia do Senhor. Quando lemos «... e tendo dado graças o partiu» 1ª Coríntios 11:23/24, a expressão «tendo dado graças» corresponde, no original grego, a uma só palavra: «eucharistêssas» ( do verbo «eucharistéou» ). Assim, praticar eucaristia é, simplesmente, «dar graças» ou «agradecer»

Pessoas no mundo inteiro participam de forma regular dessa cerimônia — várias vezes por ano, ou semanalmente, ou mesmo todos os dias. Apesar disso, ela é chamada de mistério da fé, e muitos dos que participam nela admitem que não a entendem bem. É considerada sagrada e até mesmo milagrosa.
Essa cerimônia é a Eucaristia — a parte da Missa católica em que o padre abençoa o pão e o vinho e os fiéis são convidados a receber Cristo em Santa Comunhão.* O Papa Bento XVI disse que, para os católicos, essa cerimônia é “o resumo e a súmula da nossa fé”. Não muito tempo atrás, a Igreja celebrou o “Ano da Eucaristia” como parte de um esforço para “despertar e aumentar nos crentes a fé eucarística”.
Mesmo católicos que têm dificuldades de aceitar todos os dogmas da Igreja consideram este ritual muito importante. Por exemplo, num artigo recente na revista Time, uma mulher descrita como católica jovem e progressista, escreveu: “Sejam quais forem nossas controvérsias com as doutrinas da religião católica, ainda nos apegamos ao que nos une na fé católica: nossa devoção à celebração da Eucaristia.”
Então, o que é a Eucaristia? Os seguidores de Cristo precisam celebrá-la? Vamos considerar primeiro como a tradição da Eucaristia se desenvolveu. Depois, podemos nos concentrar numa questão mais importante: a Eucaristia realmente reflete a cerimônia instituída por Jesus Cristo há quase dois mil anos?
A Eucaristia e a cristandade
Não é difícil perceber por que a Eucaristia é considerada milagrosa. O momento mais importante da celebração ocorre durante a Oração Eucarística. Nesse momento, segundo o Catecismo da Igreja Católica, “a força das palavras e da ação de Cristo, e o poder do Espírito Santo” tornam o corpo e o sangue de Jesus “sacramentalmente presentes”. O padre, depois de comer o pão e beber o vinho, convida os fiéis a receber a comunhão, em geral por comerem apenas o pão, ou a hóstia.
A Igreja Católica ensina que o pão e o vinho são de maneira milagrosa transformados no corpo e no sangue literais de Cristo — uma doutrina chamada de transubstanciação. Esse ensino surgiu aos poucos, e a palavra foi definida e usada oficialmente primeiro no século 13. Nos dias da Reforma Protestante, alguns aspectos da Eucaristia católica foram questionados. Lutero rejeitou a doutrina da transubstanciação e, no seu lugar, promoveu o ensino da consubstanciação. A diferença é sutil. Lutero ensinou que o pão e o vinho coexistem com a carne e o sangue de Jesus, em vez de serem transformados nessas substâncias.
Como era a Comemoração original instituída por Jesus? 
Com o tempo se desenvolveram, entre as denominações da cristandade, outras diferenças sobre o significado da Eucaristia, bem como a maneira e a freqüência com que devia ser celebrada. Apesar disso, embora seja realizado de formas diferentes, esse ritual continua tendo importância fundamental em toda a cristandade. Então, como era a Comemoração original instituída por Jesus?
A instituição da “refeição noturna do Senhor”
O próprio Jesus instituiu “a refeição noturna do Senhor”, ou a Comemoração da sua morte. (1 Coríntios 11:20, 24) Mas será que ele instituiu um ritual misterioso, em que seus seguidores realmente comeriam seu corpo e beberiam seu sangue?
Jesus tinha acabado de celebrar a Páscoa judaica e dispensar Judas Iscariotes, o apóstolo que estava prestes a traí-lo. Mateus, um dos 11 apóstolos presentes, relatou: “Ao continuarem a comer, Jesus tomou um pão, e, depois de proferir uma bênção, partiu-o, e, dando-o aos discípulos, disse: ‘Tomai, comei. Isto significa meu corpo.’ Tomou também um copo, e, tendo dado graças [grego, eukharistésas], deu-lho, dizendo: ‘Bebei dele, todos vós; pois isto significa meu “sangue do pacto”, que há de ser derramado em benefício de muitos, para o perdão de pecados.’” — Mateus 26:26-28.
Para Jesus, e para todos os servos de Deus, era costume pedir uma bênção sobre o alimento. (Deuteronômio 8:10; Mateus 6:11; 14:19; 15:36; Marcos 6:41; 8:6; João 6:11, 23; Atos 27:35; Romanos 14:6) Há algum motivo para crer que, além de agradecer o alimento, Jesus também estava realizando um milagre, fazendo com que seus discípulos literalmente comessem sua carne e bebessem seu sangue?
“Isto significa” ou “isto é”?
É verdade que algumas traduções da Bíblia vertem assim as palavras de Jesus: “Tomai, comei, isto é o meu corpo” e “bebei dele todos. Pois isto é o meu sangue”. (Mateus 26:26-28, Almeida, revista e corrigida; A Bíblia de Jerusalém) Também é verdade que a palavra grega e·stín, uma forma do verbo grego “ser”, basicamente significa “é”. Mas o mesmo verbo também pode ter o sentido de “significar”. É interessante que, em muitas versões da Bíblia, esse verbo é freqüentemente traduzido por “significar” ou “representar”.# É o contexto que determina a tradução mais exata. Por exemplo, em Mateus 12:7, e·stín foi vertido “significa” em muitas traduções da Bíblia: “Se vós soubésseis o que significa [grego, e·stín]: Misericórdia quero e não sacrifício, não condenaríeis os inocentes.” — Al.
Nesse respeito, muitos eruditos bíblicos respeitados concordam que a palavra “é” não traduz corretamente a idéia que Jesus estava expressando. Por exemplo, Jacques Dupont, levando em conta a cultura e a sociedade em que Jesus viveu, concluiu que a maneira “mais natural” de traduzir esse versículo seria: “Isto significa meu corpo”, ou “isto representa meu corpo”.
De qualquer forma, Jesus não queria dizer que seus seguidores deviam literalmente comer sua carne ou beber seu sangue. Por que não? Depois do Dilúvio dos dias de Noé, quando Deus permitiu que o homem comesse a carne de animais, Ele o proibiu especificamente de consumir sangue. (Gênesis 9:3, 4) Essa ordem foi repetida na Lei mosaica, que Jesus obedeceu de forma plena. (Deuteronômio 12:23; 1 Pedro 2:22) E os apóstolos foram inspirados pelo espírito santo a repetir a ordem de não consumir sangue, tornando-a obrigatória para todos os cristãos. (Atos 15:20, 29) Será que Jesus instituiria uma cerimônia que exigisse que seus seguidores violassem um decreto sagrado do Deus Todo-Poderoso? Impossível!
Jesus instituiu a Comemoração da sua morte
Então, fica claro que Jesus usou o pão e o vinho como símbolos. O pão sem fermento significava, ou representava, seu corpo sem pecado, que seria sacrificado. O vinho tinto significava seu sangue que seria derramado “em benefício de muitos, para o perdão de pecados”. — Mateus 26:28.
O objetivo da Refeição Noturna do Senhor
Jesus concluiu a primeira Comemoração da Refeição Noturna do Senhor com estas palavras: “Persisti em fazer isso em memória de mim.” (Lucas 22:19) Essa Comemoração realmente nos ajuda a lembrar de Jesus e das coisas maravilhosas que sua morte tornou possível. Ela nos lembra que Jesus defendeu a soberania de seu Pai, Jeová. Também nos lembra que Jesus, por meio de sua morte como humano perfeito, sem pecado, deu “sua alma como resgate em troca de muitos”. O resgate torna possível que qualquer pessoa que exerça fé no seu sacrifício seja libertada do pecado e ganhe a vida eterna. — Mateus 20:28.
Mas, primeiramente, a Refeição Noturna do Senhor é uma refeição de participação em comum. Os incluídos nela são (1) Jeová Deus, que providenciou o resgate, (2) Jesus Cristo, “o Cordeiro de Deus”, que serviu como resgate e (3) os irmãos espirituais de Jesus. Esses últimos, por participarem do pão e do vinho, demonstram que estão inteiramente unidos com Cristo. (João 1:29; 1 Coríntios 10:16, 17) Também mostram que estão no “novo pacto” como discípulos de Jesus, ungidos pelo espírito. São esses que reinarão como reis e sacerdotes com Cristo no céu. — Lucas 22:20; João 14:2, 3; (Apocalipse) 5:9, 10.
Quando essa Comemoração deve ser realizada?
A resposta fica clara quando nos lembramos que Jesus escolheu uma data específica para instituí-la — a Páscoa. O povo de Deus já vinha observando anualmente essa data, 14 de nisã no seu calendário, por mais de 1.500 anos, com o objetivo de comemorar a extraordinária salvação que Jeová realizou a favor do seu povo. É óbvio que Jesus estava orientando seus seguidores a usar a mesma data para comemorar o ato de salvação ainda maior que Deus tornaria possível por meio da morte de Cristo. Assim, os verdadeiros seguidores de Jesus comemoram a Refeição Noturna do Senhor todo ano na data que corresponde a 14 de nisã no calendário hebraico.
Será que fazem isso só porque gostam de rituais? Sinceramente, isso é o que faz muitos se sentirem atraídos à celebração da Eucaristia. A escritora do artigo já mencionado, da revista Time, disse: “É muito reconfortante participar em antigos rituais praticados por tantas pessoas.” Assim como muitos católicos hoje, essa escritora prefere que a cerimônia seja realizada em latim, como no passado. Por quê? Ela escreve: “Quero ouvir a Missa rezada numa língua que eu não entenda, porque muitas vezes não gosto do que ouço em inglês.”
Comemoração é a melhor maneira de não esquecer o profundo amor de Jeová Deus e de seu Filho, Jesus Cristo. Isso as ajuda a continuar “proclamando a morte do Senhor, até que ele chegue”. — 1 Coríntios 11:26.




EUCARISTIA BÍBLICA

Eucaristia é uma palavra que entrou na nossa língua por transliteração do termo grego «eucharistía» (substantivo usado 15 vezes no Novo Testamento). Há ainda a forma verbal «eucharistéou» ( 38 vezes no N.T.) e o adjectivo «eucháristos» ( l vez no N.T.).
A palavra eucaristia tornou-se conhecida por designar um rito religioso, mais precisamente um «sacramento que, segundo a doutrina católica, contém real e substancialmente o corpo, o sangue, a alma e a divindade de Jesus Cristo, sob as espécies de pão e de vinho». (Dicionário Enciclopédico Koogan-Larousse, 1979)
Com tal, trata-se de um rito que, segundo a mesma Igreja, confere graça sobrenatural aos comungantes.
Todavia o significado etimológico do termo eucaristia é gratidão, agradecimento, acção de graças, como em Actos 24:3, quando Paulo se dirige ao governador Félix e lhe diz: «... com toda a eucaristia o queremos reconhecer », e quando o mesmo Paulo exorta os cristãos de Colossos: «...perseverai em oração, velando nela com eucaristia». Colossenses 4:2
A eucaristia está relacionada com a Ceia do Senhor. Quando lemos «... e tendo dado graças o partiu» 1ª Coríntios 11:23/24, a expressão «tendo dado graças» corresponde, no original grego, a uma só palavra: «eucharistêssas» ( do verbo «eucharistéou» ). Assim, praticar eucaristia é, simplesmente, «dar graças» ou «agradecer». Ao celebrarmos a Ceia do Senhor, tomando o pão e o vinho em Sua memória, manifestamos a nossa gratidão (eucaristia) Àquele que se deu por nós em sacrifício, na cruz do Calvário, para nossa redenção.
Eucaristia não é um sacramento, é um sentimento. O sentimento que esteve presente no coração daquele leproso que, de entre os dez que foram curados, foi ao encontro de Jesus para lhe manifestar o seu reconhecimento, a sua gratidão. Lucas 17:16
Não iremos fazer alusão a todas as 54 referências à eucaristia no Novo Testamento. Mencionamos algumas das que achamos mais representativas.
O sentimento de eucaristia deve estar presente em todos os actos da nossa vida, pois que os motivos de gratidão (eucaristia) são imensos. O Apóstolo Paulo recomendava: «Em tudo dai graças, porque esta é a vontade de Deus, em Cristo Jesus, para convosco». 1ª Tessalonicenses 5:18 Ele nos criou, nos sustenta, nos conforta, nos alimenta, cuida de nós. Por tudo isso, e muito mais, Lhe devemos profunda eucaristia! Mas, acima de tudo, «Eucaristia... a Deus pelo seu dom inefável».2ª Coríntios 9:15 Se, a partir do substantivo eucaristia, conjugarmos o verbo eucaristiar (agradecer, dar graças) podemos, em uníssono com Paulo, exclamar: «Miserável homem que eu sou!... Eucaristio a Deus por Jesus Cristo nosso Senhor». Romanos 7:24/25 O mesmo Paulo, quando chegou a Roma e se encontrou com os seus irmãos ali, «... vendo-os, eucaristiou a Deus e tomou ânimo». Actos 28:15
O ensino bíblico é praticar a eucaristia sempre Efésios 5:20, em tudo 1ª Tessalonicenses 5:18, nomeadamente nas orações. Nestas, não devemos apenas pedir mas também agradecer. Filipenses 4:6Colossenses 4:21ª Timóteo 2:1
Eucaristia pelo zelo, fidelidade, e cooperação dos servos do Senhor, 1ª Tessalonicenses 1:2/3. Convém que a eucaristia esteja presente no nosso vocabulário, em vez de futilidades e inconveniências. Efésios 5:3/4
No Além, perante o trono de Deus, os anjos adoram prostrados, e da sua adoração faz parte a eucaristia. Apocalipse 7:11/12
Então, podemos concluir que a eucaristia, que significa gratidão, é algo para sentir, para exercitar, para pôr em prática.
Terminamos esta síntese dum estudo bíblico, com o único texto em que aparece a forma adjectiva: «E a paz de Deus, para a qual também fostes chamados em um corpo, domine nos vossos corações; e sede eucarísticos». Colossenses 3:15
Fonte:
http://www.estudosbiblicos.net/eucaristia.html

http://saibatananet.blogspot.com.br/2012/08/eucaristia-os-fatos-por-tras-do-ritual.html#.VAp8MvlYPQM

Nenhum comentário:

Postar um comentário

OLA!.EU SOU MARCIO DE MEDEIROS-PROF.DO SETEF,SEJA BEM VINDO AO NOSSO BLOG.JESUS TE AMA E MORREU POR VOÇÊ!!!.
TEMOS,1 SITE DESTINADO A CULTURA GERAL , OUTRO SITE DESTINADO À ASSUNTO BÍBLICOS E UM OUTRO SITE DESTINADO À ENTRETENIMENTO,TEMOS:JOGOS,FILMES,DESENHOS ETC.USE OS LINKS ABAIXO PARA VISITAREM OS SITES.TEMOS 3 SITES E 1 BLOG.BOM PROVEITO!.

https://sites.google.com/
http://www.prof-marcio-de-medeiros.webnode.com/
http://profmarcio.ucoz.com